sexta-feira, 1 de abril de 2011

289 - RECORDE DE VISITAS NO MÊS DE MARÇO DE 2011

Desde que foi implantado o relógio que contabiliza os acessos em nosso blog, temos acompanhado o crescimento da importância do Clube de Xadrez. Agora, neste mês de março ficamos emocionados com o recorde de acessos. Foram 2.208 acessos sobre o xadrez . É algo impressionante e estimulante saber que uma enorme massa de pessoas acompanham o seu trabalho e julgam importante para toda a sociedade mundial.


Os 2.208 acessos são palmas e incentivos que recebemos de pessoas conhecidas e desconhecidas que nos ajudam a continuar levantando esta bandeira. Somos imensamente agradecidos por esta grande honraria.


Os acessos ao blog vem numa crescente em sintonia com as atividades realizadas. Estamos próximos de chegarmos aos 12.000 acessos. Estamos crescendo. Vejam os picos registrados:

RECORDES MENSAIS
2.208 em Março/2011,
1.961 em Novembro/2010,
1.597 em Fevereiro/2011,
1.280 em Janeiro/2011,
1.197 em Outubro/2010,
1.170 em Setembro/2010,
1.075 em Dezembro/2010


PICOS DIÁRIOS
Os picos diários estão se estabilizando em patamares mais elevados, antes tinhamos em média 50, 60 a 70 visitas diárias e agora estamos nas nuvens:
170 - 27/03/11,
167 - 28/03/11,
152 - 30/03/11,
133 - 29/03/11,
94 - 13/02/11,
87 - 03/02/11,
85 - 06/02/11,
82 - 16/02/11.


CONTEÚDOS MAIS VISITADOS NA SEMANA
As postagens mais acessadas na última semana foram:
25 - ALERTA: Cresce a violêncas nas Escolas Brasileiras;
16 - 7ª Taça Cidade de Marabá nos dias 9 e 10 de Abril;
11 - Razões que levam uma pessoa a usar drogas;
11 - Mal exemplo no Esporte – Mano Menezes repete Dunga;
08 - CX Marabá no blog do Parsifal;
07 - Dênis Oliveira vence Torneio de Aniversário;
07 - Consumo de CRACK cresce em todo o Brasil;
05 - Congresso Nacional discute mais de 250 projetos;
05 - CX Marabá comemorará 21 anos com Torneio,


MAIS VISITADOS NO MÊS
As postagens mais visitadas no transcorrer dos ultimos 30 dias
77 – ALERTA: Cresce a violencia nas Escolas Brasileiras,
30 - Consumo de CRACK cresce em todo o Brasil,
30 – Razões que levam uma pessoa a usar drogas,
25 – Como criar um Clube de Xadrez Escolar,
19 – Guia Pratico de Xadrez Harry Potter,
18 - Mal Exemplo no Esporte – Mano Menezes,
17 – Congresso Nacional discute mais de 250 projetos,
16 – 7ª Taca Cidade de Maraba nos dias 9 e 10 de Abril,
16 – O Xadrez pode melhorar a Educação no Brasil,
15 - Dênis Oliveira vence Torneio de Aniversário,


CONTEÚDOS MAIS PESQUISADOS
As postagens mais visitadas desde que o blog foi implantado.
317 - ALERTA: Cresce a violência nas Escolas Brasileiras,
217 – Guia Pratico de Xadrez Harry Potter,
190 – Artigos sobre os Beneficios da Prática do Xadrez,
157 – O Xadrez pode melhorar a Educação no Brasil,
111 – CX MARABÁ comemorará 21 anos com Torneio,
109 – Ernesto Paglia do Jornal Nacional no Ar,
102 – Como criar um Clube de Xadrez Escolar,
91 – Escola Liberdade realiza sua 1ª Olimpíada,
84 – Dênis Oliveira vence Torneio de Aniversário,
71 – Leolar realiza Torneio de Xadrez,


AS PÁGINAS INFORMATIVAS MAIS VISITADAS
Por fim temos as paginas informativas, como calendario, torneios, filiacao, sobre a Cidade de Maraba, Fotos, Diretoria e Rating Oficial, vejamos a lista:
61 - Calendário
58 - Torneios
36 - Filiação
35 - Marabá
35 - Fotos
27 - Diretoria
25 - Rating

PAÍSES QUE MAIS VISITARAM NOSSO BLOGGER:
10. 893 Brasil,
00.258  Portugal,
00.253 Estados Unidos,
00.042 Alemanha,
00.042 Rússia,
00.040 Reino Unido,
00.038 Canadá,
00.028 Eslovênia,
00.027 Turquia,
00.013 Holanda.


VENHA AÍ A 7ª TAÇA CIDADE DE MARABÁ - EM COMEMORAÇÃO AOS 98 ANOS DA CIDADE DE MARABÁ - A CIDADE QUE EU AMO.


DIAS 09 E 10 DE ABRIL DE 2011

288 - CONHEÇA AS REGRAS DE ANOTAÇÃO DE UMA PARTIDA

Por conta da realização da VII TAÇA CIDADE DE MARABÁ de xadrez pensado, vem a tona a necessidade de adequação às Leis da Fide, quanto ao registro de todos os lances de uma partida. Cada jogador deverá anotar os seus lances executados, bem como, do seu adversário. Enfim, toda a planilha precisa ser preenchida, inclusive do resultado da partida. Agora vejam como proceder seguindo as regras oficiais da Notação Algébrica:


E - Da anotação Algébrica
A FIDE reconhece para seus próprios torneios e matchs apenas um sistema de notação, o sistema algébrico, e recomenda o uso deste sistema de notação também para a literatura enxadrística e publicações periódicas, com vistas à uniformidade de notação. Planilhas com outra notação que não seja a algébrica, não podem ser usadas como prova nos casos em que normalmente a planilha de um jogador é usada para tal propósito. O árbitro que observar um jogador utilizando outro sistema de notação que não seja o algébrico, deverá alertá-lo sobre a questão da referida exigência.


Descrição do Sistema Algébrico
E1
Cada peça é indicada pela primeira letra, maiúscula, do seu nome. Exemplo: R=rei, D=dama, T=torre, B=bispo, C=cavalo


E2
Para primeira letra do nome da peça, o jogador está livre para usar a primeira letra do nome como é comumente usado em seu país. Exemplo: F = fou (Francês para bispo), L = loper (Holandês para bispo). Em períodicos impressos, é recomendado o uso do figurino para as peças.


E3
Peões não são indicados por sua primeira letra, mas são reconhecidos pela ausência da mesma. Exemplo: e5, d4, a5.


E4
As oito colunas (da esquerda para direita para o jogador das brancas e da direita para esquerda para o jogador das pretas) são indicadas por letras minúsculas, ‘a’, ‘b’, ‘c’, ‘d’, ‘e’, ‘f’, ‘g’ e ‘h’, respectivamente.


E5
As oito fileiras (de baixo para cima para o jogador das Brancas e de cima para baixo para o jogador das Pretas) são numeradas 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8, respectivamente. Conseqüentemente, na posição inicial as peças brancas são colocadas nas primeira e segunda fileiras; as peças pretas são colocadas nas oitava e sétima fileiras.


Como conseqüência das regras anteriores, cada uma das 64 casas é invariavelmente indicada por uma única combinação de uma letra com um número, conforme diagrama.

E7
Cada lance de uma peça é indicado pela (a) primeira letra do nome da peça em questão e (b) a casa de chegada. Não há hífen entre (a) e (b). Exemplos:Be5,Cf3,Td1.


No caso dos peões, apenas a casa de chegada é indicada. Exemplos: e5, d4, a5.


E8
Quando uma peça faz uma captura, um x é inserido entre (a) a primeira letra e o nome de uma peça em questão e (b) a casa de chegada. Exemplos: Bxe5, Cxf3, Txd1. Quando o peão faz uma captura, não apenas a casa de chegada é indicada, mas também a coluna de saída, seguida por um ‘x’. Exemplos: dxe5, gxf3, axb5. No caso de uma captura ‘en passant’, a casa de destino é dada , indicando onde o peão ficou e as letras ‘e.p.’ são acrescentadas à notação.


E9
Se duas peças idênticas podem ir para a mesma casa, a peça que é movida é identificada como segue:
1. Se ambas as peças estão na mesma fileira: por
a) a primeira letra do nome da peça,
b) a coluna de saída, e
c) a casa de chegada.


2. Se ambas peças estão na mesma coluna: por
a) a primeira letra do nome da peça,
b) a fileira de saída, e
c) a casa de chegada


3. Se as peças estão em diferentes colunas e fileiras, o método (1) é preferível. No caso de uma captura, um ‘x’ é acrescentado entre (b) e (c).
Exemplos:
Há dois cavalos, nas casas g1 e e1, e um deles se move à casa f3: ou Cgf3 ou Cef3, conforme o caso.
Há dois cavalos, nas casas g5 e g1, e um deles se move à casa f3: ou C5f3 ou C1f3, conforme o caso.
Há dois cavalos, nas casas h2 e d4, e um deles se move à casa f3: ou Chf3 ou Cdf3, conforme o caso.
Se uma captura acontece na casa f3, os exemplos prévios são mudados pelo acréscimo de um ‘x’:
1) ou Cgxf3 ou Cexf3, 2) ou C5xf3 ou C1xf3, 3) ou Chxf3 ou Cdxf3, conforme o caso.


E10


Se dois peões podem capturar a mesma peça do oponente, o peão que se moveu é indicado por (a) a coluna de saída, (b) um ‘x’, c) a casa de chegada. Exemplo: se há peões brancos nas casas c4 e e4 e uma peça preta em d5, a anotação do lance branco é ou cxd5 ou exd5, conforme o caso.


E11
No caso de uma promoção de peão, o lance de peão é indicado, seguido imediatamente pela primeira letra da nova peça. Exemplos: d8D, f8C, b1B, g1T.


A oferta de empate deve ser sinalizada como (=)


E12
Abreviações Essenciais:
0-0 roque com torre h1 ou torre h8 (roque pequeno)
0-0-0 roque com torrek a1 ou torrek a8 (roque grande)
x captura
+ xeque
e.p. captura "en passant"


Exemplo de partida: 1.d4 Cf6 2.c4 e6 3.Cc3 Bb4 4.Bd2 0-0 5.e4 d5 6.exd5 exd5 7.cxd5 Bxc3 8.Bxc3 Cxd5 9.Cf3 b6 10.Db3 Cxc3 11.bxc3 c5 12.Be2 cxd4 13.Cxd4 Te8 14.0-0 Cd7 15.a4 Cc5 16.Db4 Bb7 17.a5 ... etc


Fonte:  Fide Laws of Chess e http://www.ixc.com.br/apendicesfide.php

quarta-feira, 30 de março de 2011

287 - NOVA ENQUENTE DO CLUBE DE XADREZ

Acompanhando a realização de alguns Jogos Estudantis e da Semana da Castanha, na modalidade xadrez, tenho percebido o desconforto e a inadequação dos espaços utilizados.

Bem sabemos que para um acontecimento esportivo de grandes proporções, com a participação de mais 5 mil estudantes, a organização precisa trabalhar muito para dar conta de tudo. Todos os espaços precisam ser pensados e planejados previamente.

Os jogos da Castanha foram realizados na biblioteca de um escola situada em bairro periférico e mal servido por linhas de transportes coletivos, dificultando o acesso de muitos participantes. No mesmo espaço foram disputadas simultaneamente quatro categorias, com muito desconforto aos atletas.

Em outro momento tivemos a participação de quase uma centena de jogadores de xadrez, no Ginásio da Folha 16, durante a realização de competições de Futsal e haja apitos e gritos prá lá de desconcertantes para a prática da Arte de Caíssa. Os jogadores não conseguiam entender os emparceitos.

Por conta da realização dos jogos de 2011, nos prontificamos a contribuir com os Jogos Estudantis, devidamente justificado pela existência do Clube de Xadrez Marabá, entidade especialmente dedicada e esclusivo à prática do Xadrez. Então, ficamos a disposição para contribuir. Falamos diretamente ao Secretário Municipal de Educação visando melhorias para os participantes e organizadores.

Colocamos em Nossa Enquete uma pesquisa procurando sugestões quanto ao melhor local, localização e infraestrutura de mesas, cadeiras, água mineral, climatização e etc.

Esperamos a participação maciça dos cerca de 150 visitantes diários do blogger do Clube de Xadrez Marabá, vamos dar nossa opinião para a realização em melhores condições dos Jogos Estudantis de Marabá e Jogos Estudantis da Semana da Castanha de 2011 quanto aos jogos de Xadrez.

Vamos participar votando e dando a sua opinião. Agradecemos pela contribuição de todos.

segunda-feira, 28 de março de 2011

286 - 7ª TAÇA CIDADE DE MARABÁ NOS DIAS 9 E 10 DE ABRIL

O Clube de Xadrez Marabá vai prestar suas homenagens ao aniversário de 98 anos da Cidade de Marabá. Nos dias 9 e 10 de abril vai acontecer a VII TAÇA CIDADE DE MARABÁ valendo rating na modalidade xadrez pensado, em 5 rodadas de 61 minutos nocautes. O evento será realizado na Escola Municipal Jonathas Pontes Athias e ofertará na premiação, além de troféu e medalhas a importância de R$ 200,00. Estamos trabalhando visando expandir premiação para o melhor enxadrista menor de 18 anos de idade.

Esperamos contar com uma boa divulgação e uma forte participação dos enxadristas de Marabá, Parauapebas, Canaã dos Carajás e etc. Neste torneio comemorativo ao aniversário da cidade, na modalidade xadrez pensado, os participantes serão obrigados a anotarem seus lances em planilhas, conforme consta no regulamento geral.


VII TAÇA CIDADE DE MARABÁ



REGULAMENTO GERAL


Art. 1º. A VII TAÇA CIDADE DE MARABÁ é uma competição oficial do Clube de Xadrez Marabá visando apontar os melhores enxadristas na modalidade xadrez pensado, valendo rating ofical do Clube de Xadrez Marabá.


Art. 2º. A Taça Cidade de Marabá é parte integrante do calendário esportivo do Clube de Xadrez em comemoração aos 98 anos de aniversário da Cidade de Marabá.


Art. 3º. Data e Local: dias 09 e 10 de Abril de 2011 (sábado e domingo), na Escola Jonathas Pontes Athias – Folha 22 – Nova Marabá.


Art. 4º. Está aberta a participação a quaisquer interessados, podendo participar enxadristas filiados ou não, de quaisquer cidades do Brasil.


Art. 5º. Inscrições:
a) Estarão isentos da Taxa de Inscrição os associados com a anuidade em dia.
b) R$10,00 (dez reais) para não sócios do clube que pagarem suas inscriçoes até às 14h00 do dia 07 de abril.
c) R$15,00 (quinze reais) no dia do torneio.
d) As inscrições poderao ser efetuadas nos seguintes locais e enderecos: Banca de Revistas Alvorada, Folha 27 – Nova Marabá, telefone 3322-5758, na Requinte Store sito à Avenida Nagib Mutran, 366-A – Cidade Nova, telefone 3324-2262 e 8166-1616 e por e-mail: cxmaraba@yahoo.com.br. Os valores referente às inscrições poderão ser depositados no Banco do Brasil Ag. 0565-7, conta corrente 31.739-X em nome de Francisco Arnilson de Assis.
e) As inscrições serão encerradas durante a realização do Congresso Técnico.


Art. 6º. O primeiro lance ilegal (impossível) será punido com advertência verbal, o segundo com penalidade de redução do tempo de jogo em 1 minuto ao infrator e o terceiro com perda da partida independente da situação do jogo.
a) O atleta que chegar com atraso de 15 (quinze) minutos, injustificadamente, será declarado perdedor da partida.
b) Será terminantemente proibido o uso de qualquer aparelho eletronico, celular e etc, que possa influenciar no andamento do jogo.
c) Será obrigatório a anotação dos lances em planilhas da competição, devendo ser preenchidas integralmente, inclusive com o resultado final da partida.


Art. 7º. O torneio será disputado em 05 rodadas de 61 (sessenta e um) minutos nocaute para cada jogador, pelo sistema suíço de emparceiramento (Swiss Perfect) e de acordo com as regras da Federação Internacional de Xadrez.


Art. 8º. Serão adotados os seguintes critérios para desempatar atletas com mesma pontuaçãoe: a) progress, b) buchholz, c) milésimos medianos, e d) maior número de vitórias.


Art. 9º. A arbitragem ficará a cargo do Árbitro de Xadrez do Clube de Xadrez Maraba Francisco Arnilson de Assis e Árbitrto Auxliar Jhon Kennedy e Direção Geral de Gileno Rocha.


Art. 10º. O Comitê de Apelação sera constituido com a presenca do Diretor Geral da competição e escolhidos dois atleas, responsáveis para avaliar decisões da arbitragem devidamente reclamadas por atletas insatisfeitos. Para registrar a reclamação o atleta devera caucionar a importância de R$ 100,00 (cem reais), momentos antes do início da rodada seguinte, que será devolvido caso haja decisão do Comitê dando ganho de causa.


Art. 11º. A VII TAÇA CIDADE DE MARABÁ obedecerá a seguinte programação:
09.04.2010 – Sábado
13h30 – Início do Congresso Técnico
14h00 – 1ª Rodada
16h00 – 2ª Rodada
19h00 – 3ª Rodada


10.04.2010 – Domingo
08:00 Horas – 4ª Rodada
10:00 Horas – 5ª Rodada
12:00 Horas – Cerimônia de premiação e encerramento


Art. 12º. Da Premiação:
1º colocado - Troféu + R$ 100,00
2º colocado - Medalha + R$ 60,00
3º colocado - Medalha + R$ 40,00
Melhor Menor de 18 anos R$ 50,00
4º ao 10º colocados - Medalhas


Art. 13º. Os casos omissos, nesse regulamento, serão resolvidos pela comissão de árbitros, que será suprema em suas decisões.


Gileno Rocha – Diretor Geral da Taça Cidade de Marabá

domingo, 27 de março de 2011

285 - O XADREZ BROTANDO EM SOLO FÉRTIL: NAS ESCOLAS

Em Marabá já podemos ver a inserção do xadrez nas aulas das séries iniciais. A Escola Gente Importante situada na Folha 16 - Nova Marabá já trabalha com o ensino de xadrez. A Escola trabalha a mais de dois anos com aulas de xadrez e afirma que é grande o interesse dos alunos. No momento em que estão diante do tabuleiro de xadrez eles conseguem maior interação interpessoal. Podemos perceber o grande fascínio e apreço das crianças com as aulas práticas do xadrez. Os alunos nada sabiam sobre este esporte. Tudo foi trabalhado passo-a-passo, confirma o Professor Gileno Rocha.


Trabalhamos com a lenda sobre a origem do jogo de xadrez, a diferenciação da prática esportiva e escolar, os benefícios trazidos e, somente então, iniciamos com as bases elementares do xadrez. A didática com as crianças das séries iniciais, em processo de alfabetização, segue a pedagogica do Professor Sylvio Rezende. No começo a criança trabalha completando figuras, quadrados, pintando o tabuleiros e as peças até chegarmos aos movimentos das peças, tudo isto leva a um conhecimento construído com os alunos, destaca Gileno Rocha.


A Escola Gente Importante tem na Direção a Professora Ivonete Gonçalves, o administrador Cleriston Pereira da Silva e competentes professores, dentre eles as Professoras Sthéphane Gonçalves e Norma Cunha.                                                                                        
 
 
O Presidente do Clube de Xadrez fez uma visita para conferir o trabalho realizado naquela excelente Escola que realmente valoriza o poder intelectual de seus pequenos alunos. Há um carinho, um zelo, um gosto especial entre os vários professores e direção da Escola. Os pequenos vibraram quando eu disse que era a pessoa que mais gostava de xadrez. Cada um pode demonstrar sua predileção e enfim, todas gostam muito de jogar o xadrez. Que ótimo. Assim vamos ganhando mais praticantes e cidadãos mais preparados para o futuro.

284 - SEDUC RETOMA PROJETO XADREZ ESCOLAR

A Secretaria de Estado de Educação-SEDUC, através do Núcleo de Esporte e Lazer-NEL/Projeto Xadrez Escolar iniciou uma nova etapa de Cursos de Capacitação em Xadrez Escolar.

O primeiro de uma série de cursos que serão realizados durante a atual gestão do governo do estado, foi realizado na EE Ruy Paranatinga Barata no período de 22 a 24/03/11 para os professores das escolas pertencentes a USE 01 que integram os bairros da Pratinha, Val de Cans, Sacramenta e Barreiro, teve a carga horária de 24h durante três dias consecutivos.

Os cursos visam abranger todas as USE`S e URE`S, pois muitos professores e técnicos que já tinham participado de cursos anteriores foram distratados, por isso a necessidade da renovação.

Estimular o desenvolvimento psicomotor e intelectual de crianças e adolescentes e contribuir para a integração social e promoção à saúde e o desenvolvimento da cidadania nas escolas da rede estadual de ensino. Esses são os principais objetivos do Projeto Xadrez Escolar, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Visando a continuidade do projeto no ano letivo de 2011, a Seduc inicia amanhã (22), uma nova etapa de curso de capacitação em Xadrez Escolar para professores e técnicos interessados.

A intenção é que novos multiplicadores sejam preparados para dar continuidade no trabalho já iniciado, promovendo a integração e intercâmbio entre os participantes, reduzindo a evasão escolar, além de descobrir talentos voltados para a prática do esporte e a possibilidade de criar clubes de xadrez escolar com os alunos.

Fonte: www.fepaxe.com.br e http://www.seduc.pa.gov.br