sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Edilson Rufino vence o último torneio do ano

Silvano, Erivaldo, Jadson, Washington e ao centro o Campeão Edilson Rufino
O Torneio Blitz de Férias promovido pelo Clube de Xadrez Marabá foi realizado no Shopping Pátio Marabá, na Casa do Pão de Queijo, na noite de 22 de dezembro de 2016, contando com a participação de seis enxadristas dentre eles os fortíssimos Jadson Souza - Bicampeão Absoluto e Edilson Rufino, ambos vencedores de vários torneios no decorrer de 2016. O evento se tornou quase uma confraternização e foi organizado pelo Sistema Round-Robin em turno e returno, ou seja, com os atletas se enfrentando por duas vezes, alternando as cores das peças com o tempo de 5 minutos nocaute e como critério de desempate o Berger, Confronto Direto e Partida Extra.

O Campeão Edilson Rufino foi esmagador
Realizar torneio no mês de dezembro, principalmente a partir da segunda quinzena é muito complicado, muitos saem de férias com toda a família esvaziando a cidade, mas, foi levado muito a sério pelos atletas Edilson Rufino, Erivaldo Jardim e Jadson Sousa. E o Shopping Pátio Marabá esteve muito movimentado nesta noite, muita gente fazendo suas compras. Dentre os jogadores inscritos o Júnior Oliveira precisou se ausentar e, fui escalado de última hora para compor a tabela Schuring de 6 participantes.


Os favoritos eram Jadson Sousa e Edilson Rufino. O Edilson se preparou, treinou bastante para a competição, sabia que teria um forte adversário pela frente e, não deu outra, atropelou, massacrou o Campeão Absoluto Jadson Sousa vencendo as duas partidas. Outro que apresentou nível muito elevado foi o Erivaldo Jardim, venceu o Silvano nas duas partidas jogadas e arrancou um empate do campeão Edilson Rufino. Na tabela a seguir todas as partidas jogadas.


A competição teve um sabor especial, no duelo a vontade de vencer. A vitória veio com sabor de mel para Edilson Rufino que não se saiu muito bem no Campeonato Marabaense Absoluto e, um dos motivos alegados foi a obrigatoriedade de anotação das jogadas, claro que o Jadson Sousa não quis saber e venceu no confronto especial com muita alegria, tornou-se bicampeão da competição. O Torneio Blitz serviu como reabilitação, como revanche e o troféu foi para as mãos, com muita satisfação de Edilson Rufino. O Vice foi Erivaldo Jardim que jogou com muita elegância e o terceiro lugar para o bicampeão Jadson Sousa. Viva o Campeão Edilson. Viva! Viva!

Eis a classificação geral:


segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Inscrições Abertas para o Blitz de Férias do dia 22 de dezembro


Já foi acertado com o Shopping Pátio Marabá a realização do Torneio Blitz de Férias, será na Casa do Pão de Queijo no próximo dia 22 de dezembro. A competição é aberta a todos os jogadores e as inscrições poderão ser efetuadas no local da competição.

Um significativo número de participantes poderá ensejar a realização em janeiro do II TORNEIO DE XADREZ GIGANTE. Então, está lançado o desafio.

Campeonato Marabaense Absoluto Jadson Sousa é Bicampeão

A Sra. Teresa da Casa do Pão de Queijo entrega mais um troféu ao Campeão Jadson Sousa
Toda competição tem uma história própria, diferente. Possui particularidades que a colocam na história dos organizadores, principalmente em função das singularidades. No Campeonato Marabaense Absoluto de 2016 houve uns probleminhas, o sábado (16/12) a chuva começou às 06 horas da manhã, às 09 já estava no shopping fazendo a arrumação das mesas, tabuleiros e etc. O horário não foi cumprido pelos jogadores, compreendido em razão da chuva, uma tolerância de 1 hora e todos chegaram. Quer dizer, nem todos, ausentes o Gabriel de Souza Ramos e Juliano de Castro Alves e, quem não era esperado, o Seu Caio estava em Tucuruí (250 km de distância), fez uma viagem de 3 horas de duração e chegou com o seu relógio correndo. 

Os Campeões no pódium: Caio (2º), Jadson (Campeão) e Liliane (3º lugar)
Tudo pronto, 14:30 horas aconteceu a primeira rodada, a competição teve início pelo sistema Round-Robin com o tempo de 61 minutos e obrigatoriedade de registro da partida em planilha e, contou com 05 enxadristas de um total de 06 esperado. Confirmados os pré-candidatos Edilson Rufino e Jadson Sousa, este último foi o Campeão do Marabaense Absoluto de 2015 e, o desafiante e pretendente Edilson Rufino. Havia uma expectativa para uma forte disputa entre ambos. 

Em primeiro plano: Edilson Rufino (4º colocado) versus Liliane Evangelista
Maximiliano Borges, o 5º colodado
Havia a expectativa de promover o campeonato em dois dias, no sábado três rodadas e no domingo duas. Mas, os jogos, na maioria ocorreram no sábado e no domingo houve muitas ausências justificadas por alguns motivadas pela chuva, a Liliane, no caso, alegou está em casa ilhada pelas águas da chuva que aumentou por volta das 15 horas e, a primeira rodada estava programada para as 16. Enfim, complicado para a organização que esteve no shopping desde às 15h da manhã preparando as mesas e, meio chato, pouca gente compareceu. 


Com um pouco de rivalidade entre Jadson e Edilson havia uma atenção no desenrolar das partidas em andamento, na primeira rodada houve empate entre Caio Giordano e Jadson, uma preocupação para o transcorrer da rivalidade. O Caio Giordano jogou muito bem com o tempo que lhe coube e por pouco não alcançou a vitória, mas, faltou forças materiais para ambos na fase final e o resultado foi o empate. Edilson Rufino ficou de "bye" e de olho na partida em tela.

A surpresa veio na segunda rodada, com jogo sólido e usando bastante do tempo em cada mexida, Liliane Guimarães assegurou uma vitória importante deixando o Edilson abalado com a derrota. Tristeza para Edilson e alegria para o Jadson que acreditou que o seu maior adversário foi abatido surpreendentemente.

Na terceira rodada mais uma derrota do Edilson para Seu Caio e a vitória de Jadson deixou-lhe o caminho livre para no embate com com seu maior adversário. O curioso entre eles é a disputa pessoal, tudo dentro do "fair-play" com uma leve provocação. Ambos estavam disputando em âmbito pessoal o título. Edilson queria o título de Campeão Marabaense para se igualar com o seu oponente e não estava dando certo.  



Como combinado no congresso técnico, em caso de empate o critério seria o Berger, o confronto direto e, uma partida extra no blitz. Pois foi o que acabou acontecendo, os atletas Jadson e Caio fizeram a mesma pontuação, venceram os mesmos adversários e ficaram empatados em pontos e no Berger, no confronto empataram, restando a realização de uma partida extra.

No "tye-brake" Jadson Sousa foi o vencedor da partida e do Campeonato de 2016 com 3,5 pontos e 2,75 de Berger. Mais um troféu para a galeria do bicampeão do Marabaense Absoluto 2015-2016.

O Seu Caio Giordano chegou ao posto de Vice-Campeão e perdeu apenas no "tye-brake" e melhorou seu desempenho que, em 2015 alcançou o quarto lugar. O campeão levou para casa um belo troféu.

A atleta Liliane Evangelista Guimarães foi a campeã dos Jogos Universitários de Marabá no feminino e conseguiu o terceiro lugar no Marabaense Absoluto, muito mais forte e uma grande vitória diante do forte Edilson Rufino, bastante comemorada pelo Jadson Sousa. O desempenho lhe proporcionou ganhar o troféu de terceiro lugar. 


sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Campeonato Marabaense Absoluto jogadores confirmados


O Campeonato Marabaense Absoluto de Xadrez de 2016 será conhecido neste final de semana. O certame será promovido nos dias 17 (a partir das 13 horas) e 18 de dezembro (a partir das 16 horas), na Casa do Pão de Queijo, no Shopping Pátio Marabá, pelo Sistema Round-Robin com o tempo de 61 minutos de reflexão.

Programação:
17 de dezembro de 2016:        
        Das 13 à 15 horas - 1ª Rodada;
        Das 15 à 17 horas - 2ª Rodada;
        Das 19 à 21 horas - 3ª Rodada.


18 de dezembro de 2016:
        Das 16 à 18 horas - 4ª Rodada;
        Das 19 à 21 horas - 5ª Rodada.



Em função da falta de comunicação com os atletas José Tiago e Caio Giordano, convidamos um atleta para compor o número de cinco participantes. Estão confirmados segundo contato telefônico e pessoal:

1. Edilson Rufino
    Campeão da Taça Cidade de Marabá
2. Juliano Castro Alves - Unifesspa
    Vice-Campeão dos Jogos Universitários Marabaense - Masculino

3. Maximiliano Borges - Unifesspa
    CampeãO dos Jogos Universitários Marabaense - Masculino

4. Liliane Evangelista - UNOPAR
    Campeã dos Jogos Universitários Feminino
5. Jadson Souza
    Campeão do Torneio Rubens Kossatz
6. Participante, vaga do Sr. Caio Giordano ou do José Tiago se, por ventura confirmarem participação em tempo hábil, mas, poderá ser ocupada por um jogador convidado.

As inscrições serão efetuadas a partir das 13 horas com o pagamento da taxa de R$ 20,00 (vinte reais) para cobrir as despesas de compra dos três troféus (1º, 2º e 3º colocados). Mais uma novidade, o Campeão será convidado para representar Marabá numa competição estadual das AABB, conforme comunicado pessoal do Sr. João Silva, do Departamento de Esportes da AABB de Marabá.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Campeonato Marabaense Absoluto, dias 17 e 18 de dezembro


O Clube de Xadrez Marabá convida os enxadristas pré selecionados, conforme abaixo, a confirmarem suas inscrições (pelo whatsap 98166-1616) participarem da disputa do CAMPEONATO MARABAENSE ABSOLUTO DE 2016, a ser realizado na Casa do Pão de Queijo, no Shopping Pátio Marabá (Piso L3), nos dias 17 e 18 de dezembro. É a competição mais forte do ano, nela estão inscritos atletas que venceram competições oficiais. O Marabaense Absoluto será realizado pelo sistema Round-Robin com o tempo de 61 minutos de reflexão.

Estão classificados para o Marabaense Absoluto:
1. José Tiago - Escola Gaspar Vianna
    Campeão dos Jogos Estudantis de Marabá na categoria Sub17 anos
2. Edilson Rufino
    Campeão da Taça Cidade de Marabá
3. Caio Giordano
    Vice-Campeão da Copa Marabá
4. Jadson Souza
    Campeão do Torneio Rubens Kossatz
5. Liliane Evangelista - UNOPAR
    Campeã dos Jogos Universitários Feminino
6. Maximiliano Borges - Unifesspa
    CampeãO dos Jogos Universitários masculino

Programação:
17 de dezembro de 2016:

        Das 13 à 15 horas - 1ª Rodada;
        Das 15 à 17 horas - 2ª Rodada;
        Das 19 à 21 horas - 3ª Rodada.


18 de dezembro de 2016:
        Das 16 à 18 horas - 4ª Rodada;
        Das 19 à 21 horas - 5ª Rodada.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Maximiliano vence os Jogos Universitários no masculino

Juliano (2º), Maximiliano (1º) e Rodrigo Quezado (3º).
Uma empolgante competição, assim definimos o I Jogos Universitários Marabaenses na modalidade xadrez, masculino, que ocorreu neste dia 03 de dezembro (sábado) a partir das 15:30 horas, na Faculdade Carajás, com a participação de garotos que, no passado, jogavam muito forte, jogadores com potencial de vencer a competição. 

4º lugar: Silas Guilherme

5º lugar: Rafael Leal

Entre os garotos estavam na competição Juliano de Castro Alves, ex-aluno da Escola Acy Barros, campeão por várias vezes, agora jogou representando a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará - UNIFESSPA, o garoto Silas Guilherme do Colégio Monte Castelo e Lucas Cavalcante, agora, todos adultos. 

6º Rafael Quezado

7º Lucas Ramos

Os jogos de xadrez no masculino foram organizados pelo Sistema Suíço em quatro rodadas com o tempo de 15 minutos. Foram estabelecidos os critérios de desempate, o Buchholz, confronto direto e uma partida extra pelo blitz. Os jogadores da mesma equipe se enfrentaram logo na primeira rodada, a fim de evitar problemas de acordo de resultados, levando em conta que, também estava em jogo a competição por equipe.

8º Breno Souza
O vencedor da competição Maximiliano Simon Borges, da Unifesspa parecia que ficaria pelo caminho, perdeu na primeira rodada para Juliano de Castro Alves, mas, daí em diante venceu os demais adversários. Fez 03 pontos em 04 possíveis e somou 9,5 milésimos de Buchholz.

Todos os participantes do masculino
Participantes dos Jogos Universitários e um jogador de damas (esq;)

Na segunda posição ficaram empatados Juliano de Castro Alves (Uepa) e Rodrigo Quezado Ferreira (Unifesspa), ambos com 03 pontos e 6,5 milésimos de Buchholz. Diante do empasse do empate até nos critérios de qualidade, seguindo o estabelecido, os dois disputaram uma partida extra com o blitz de 5 minutos. Juliano jogou de brancas e venceu, a atribuição das cores das peças ocorreu por sorteio. Juliano de Castro Alves conquistou o posto de vice-campeão e Rodrigo Quezado ficou em terceiro lugar. A premiação será entregue no próximo dia 11 de dezembro. Abaixo as tabelas da competição:





domingo, 4 de dezembro de 2016

Liliane Evangelista vence os Jogos Universitários no Feminino

Lays (2º), Liliane (1º) e Juliana (3º lugar)
Aconteceu  neste 03 de dezembro, às 15:30 horas na Faculdade Carajás, o I Jogos Universitários Marabaenses com diversas modalidades e, inclusive, o xadrez. Iniciativa dos professores de Educação Física de várias instituições de ensino superior. Um grande evento, por sinal, que teve uma Cerimônia de Abertura no Ginásio Poliesportivo Renato Veloso. E os jogos de xadrez aconteceram para os gêneros masculino e feminino.



O evento possibilitou uma surpresa, o reencontro de muitos universitários que vimos efetuar os primeiros lances. No na cerimônia de abertura, no Ginásio, encontrei o hoje homem Mikael, Muito diferente e agora cursando engenharia. Também, do Juliano de Castro Alves, muito forte e musculoso, do Silas Guilherme e a garota Lays Feitosa. Muito emocionante ver a desenvoltura e a inteligência.




No gênero feminino dos Jogos Universitários contamos com três atletas participantes, Lays Feitosa, Liliane Evangelista e Juliana Abbade. A competição foi promovida pelo sistema Round-Robin em turno e returno com o tempo de 15 minutos de reflexão.



A vencedora foi Liliane Evangelista Guimaraes que venceu suas adversárias por duas vezes, terminando de forma invista. Em segundo lugar ficou com Lays Feitosa Vilhena que venceu por duas vezes a adversária Juliana Abbade e perdeu, também por duas vezes, para Liliane. A premiação será realizada no próximo dia 11 de dezembro. Abaixo como foi realizado os jogos:


segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Jadson Sousa é o Campeão do V Torneio Rubens Kossatz



Foi realizado no dia 27 de agosto de 2016 o V Torneio Rubens Kossatz, no Shopping Pátio Marabá, na Casa do Pão de Queijo. Promovido pelo sistema suíço pelo modo Round-Robin a competição contou com a participação de apenas 06 enxadristas, disputando uma vaga para a fase final do Campeonato Marabaense Absoluto de 2016. Foi adotado o tempo de 5 minutos nocaute.

A pequena Jamile posa com muita personalidade com o troféu do pai.

Existe uma rivalidade e ela se fez presente nesta competição. Foi suada a disputa entre Jadson Sousa e Edilson Rufino. E tem sido assim nas últimas competições mas, desta feita o título foi para Jadson Sousa. A alegria foi intensa e a comemoração foi compartilhada com a filha Jamile, o Usaim Bolt perde feito em termos de comemoração e marketing. Viva!



As disputas apresentaram o seguinte resultado:





sábado, 30 de julho de 2016

Edilson Rufino vence a V Copa Marabá de Xadrez

Com apenas cinco atletas inscritos e após um adiamento, foi realizada a V COPA MARABÁ DE XADREZ na Casa do Pão de Queijo no Shopping Pátio Marabá neste 23 de julho. A competição teve início às 20 horas e foi promovida no modo Xadrez Blitz, com cinco minutos de reflexão, pelo sistema Round-Robin em dois turnos. Entre os participantes havia uma espécie de rivalidade entre o campeão Marabaense Absoluto de 2015 e o atual campeão da Taça Cidade de Marabá, ou seja, entre Jadson Souza e Edilson Rufino.

A competição seguiu seu curso natural, apenas com uma tensão entre os desafiantes pessoais, ambos com egos inflados. Rodada após rodada a ansiedade foi se acentuando e ambos prometendo a vitória. Por outro lado, havia pessoas com objetividades diferentes, de se divertirem e mesmo de mostrar um bom desempenho. Entre os participantes havia, no caso os demais inscritos, condições de almejar o título, como é o caso do Erivaldo Santos, Silvano Vieira e Caio Giordano, pois, justamente este último que causou maior impacto e chegou forte na final.

Na terceira rodada no confronto contra Silvano Vieira o atleta Jadson Souza demonstrou um forte nervosismo exposto no modo frenético de movimentos nas pernas, encarado por muitos como tremedeira, embora tenha vencido o confronto. Outra cena curiosa foi na partida entre Edilson e Caio Giordano, este último deixou de reclamar a vitória em um lance irregular, fato este que lhe daria o troféu e mudaria a história desta competição.




Vamos as informações técnicas da competição, nos quadros de  confrontos, percebam que os números representam resultados de duas partidas disputadas: