segunda-feira, 23 de outubro de 2017

PARAUAPEBAS É TRI CAMPEÃ NA IV COPA SUL E SUDESTE DO PARÁ POR EQUIPES

Equipe de Parauapebas: Lucas Vinícius, Luiz Guilherme e Márcio Muniz recebe troféu de Francisco Arnilson


A Copa Sul e Sudeste do Pará é uma competição intermunicipal, já foi promovida nos anos de 2008, 2010 e 2012, a proposta é que fosse realizada a cada dois anos, mas, não foi promovida em em 2014 e 2016, somente agora ressurgiu como lembrança e convite de Márcio Araújo, presidente do Clube de Xadrez Cidade de Parauapebas. É um renascer e o despertar do xadrez regional. Desafio foi aceito e os convites foram feitos e aceitos. A princípio eram sete municípios inscritos na Copa, por conta da desistência de Itupiranga. Deixamos de registrar a foto da equipe de Rondon do Pará.


Equipe de Marabá, Jadson, Erivaldo e Edilson Rufino, terceiro lugar
A IV Copa Sul e Sudeste do Pará contou com a participação de seis municípios, Marabá, Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Parauapebas, Rondon do Pará e Xinguara, cada um com suas equipes de três atletas. Os resultados individuais dos três tabuleiros somam-se para a equipe, vencendo aquela que obter maior pontuação por equipe. Então, os municípios foram emparceirados pelo Sistema Round-Robin, cada partida com o tempo nocaute de 21 minutos. Os resultados dos confrontos servem para qualificar as vitórias, podendo somar o máximo de 3 pontos numa rodada. A vitória da competição por equipe serve para registrar, ou melhor, definir o município vencedor da competição regional.

Equipe de Xinguara - Carlos Henrique, Gabriel e Caio, quarto lugar
Equipe de Canaã dos Carajás - Marcelo, Éder e Jorge Brígida, quinto lugar

Equipe de Eldorado dos Carajás - Klébson, João Victor e Francisco, sexto lugar


Mas, o município de Parauapebas é hegemônico nas regiões Sul e Sudeste, pois, venceu a Copa em 2008 e 2012, em 2010 o vencedor foi Canaã dos Carajás.

Parauapebas venceu em todas as cinco rodadas, por equipe, na IV Copa Sul e Sudeste do Pará, já Marabá venceu apenas por duas rodadas. Já Rondon do Pará venceu três rodadas e empatou um confronto, razão pela qual ficou em segundo lugar por equipe. Marabá ficou em terceiro.






LUIZ GUILHERME, DE PARAUAPEBAS, VENCE A IV COPA SUL E SUDESTE DO PARÁ NO PRIMEIRO TABULEIRO E NO GERAL INDIVIDUAL

Luiz Guilherme de Parauapebas recebe premiação da Senhora Suzete

Seguindo com postagens da IV COPA SUL E SUDESTE DO PARÁ DE XADREZ, competição intermunicipal, por equipes, formada por três atletas, sendo eles nominados de primeiro, segundo e terceiro tabuleiros, pelo critério de força. A competição aconteceu neste 21 de outubro no Shopping Pátio Marabá, na Casa do Pão de Queijo e contou com a participação de 06 atletas nas disputas do Primeiro Tabuleiro, dos municípios de Marabá, Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Parauapebas, Rondon do Pará e Xinguara. 

Fernando Costa de Rondon do Pará recebe premiação de Márcio Muniz

Os atletas jogaram 05 partidas com o tempo nocaute de 21 minutos, pelo Sistema Round-Robin, com os critérios de Tie-Brake o Berger e o Progress. Os atletas tiveram as inscrições gratuitas, considerando as volumosas despesas de seus deslocamentos.

Carlos Henrique de Xinguara recebe premiação de Cléver Santos

A disputa do campeão se deu na última rodada, foi uma grande sensação para os jogadores e expectadores que assistiram a peleja que chegou ao ápice, o confronto aconteceu com o representante de Parauapebas, o garoto Luiz Guilherme, que joga muito que enfrentou e venceu ao representante de Rondon do Pará, Fernando Costa. Os atletas viveram momentos nervosos, poucas peças no tabuleiro e jogadas difíceis, tempo se encerrando e uma grande plateia, todos querendo assistir. A vitória aconteceu, mas, o garoto Luiz Guilherme safou-se da queda da seta, de perder por nocaute do tempo, venceu por conseguir encontrar as melhores jogadas. Bonito gesto de reconhecimento do Mestre Fernando ao talento e técnica de Luiz Guilherme.




Apesar de somar 5 pontos, a derrota deixaria Luiz Guilherme com 4 pontos e com a vitória Fernando que estava com 3,5 pontos chegaria aos 4,5 pontos e o título máximo.

Por ser o primeiro tabuleiro como o mais forte da competição, o vencedor tornou-se o Campeão Individual da IV Copa Sul e Sudeste do Pará, Parauapebas de parabéns.

Jorge Brígida - Canaã dos Carajás

Francisco Silva - Eldorado dos Carajás

Fernando Costa - Rondon dos Carajás

Carlos Henrique - Xinguara

Edilson Rufino - Marabá

Luiz Guilherme - Parauapebas

Os vencedores receberam boa premiação, o Campeão levou para casa a quantia de R$ 150, troféu lindíssimo e medalha personalizada de campeão, o vice a quantia de R$ 120, e a medalha, o terceiro colocado também recebeu medalha e a quantia de R$ 80. Vale salientar que o projeto dos troféus e medalhas, bem como a premiação em espécie foi obtida pelo Sr. Márcio Muniz que é o atual Vice Presidente Administrativo da Federação de Xadrez do Pará, entidade que, juntamente com o Deputado Estadual Gesmar Costa. Também agradecemos ao Prefeito Tião Miranda pela contribuição do banner da Copa. 







domingo, 22 de outubro de 2017

CAIO GIORDANO, DE XINGUARA, VENCE A IV COPA SUL E SUDESTE DO PARÁ NO SEGUNDO TABULEIRO

Caio Giordano recebe a premiação da convidada Áurea
Seguindo com postagens da IV COPA SUL E SUDESTE DO PARÁ DE XADREZ, competição intermunicipal, por equipes, formada por três atletas, sendo eles nominados de primeiro, segundo e terceiro tabuleiros, pelo critério de força. A competição aconteceu neste 21 de outubro no Shopping Pátio Marabá, na Casa do Pão de Queijo e contou com a participação de 06 atletas nas disputas do Segundo Tabuleiro, dos municípios de Marabá, Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Parauapebas, Rondon do Pará e Xinguara. 

Cláudio Luz de Rondon do Pará recebe premiação de Tanilza


Os atletas jogaram 05 partidas com o tempo nocaute de 21 minutos, pelo Sistema Round-Robin, com os critérios de Tie-Brake o Berger e o Progress. Os atletas tiveram as inscrições gratuitas, considerando as volumosas despesas de seus deslocamentos.

Erivaldo Jardim de Marabá recebe premiação de Maria Teresa, do Pão de Queijo


Nas disputas dois enxadristas despontaram com chances de ser o vencedor, Rondon do Pará e Xinguara, mas, logo na terceira rodada eles se enfrentaram a vitória foi Xinguara, Caio Giordano venceu ao representante de Rondon, Cláudio Luz. O posto do terceiro lugar terceiro lugar ficou para o representante marabaense Erivaldo Jardim. Segunda ida de Marabá ao pódium.

Klébson Aquino - Eldorado dos Carajás

Caio Giordano - Xinguara

Cláudio Luz - Rondon do Pará

Lucas Vinícius - Parauapebas

Marcelo Siqueira - Canaã dos Carajás

Erivaldo Jardim - Marabá


Os vencedores receberam boa premiação, o Campeão levou para casa a quantia de R$ 150, troféu lindíssimo e medalha personalizada de campeão, o vice a quantia de R$ 120, e a medalha, o terceiro colocado também recebeu medalha e a quantia de R$ 80. Vale salientar que o projeto dos troféus e medalhas, bem como a premiação em espécie foi obtida pelo Sr. Márcio Muniz que é o atual Vice Presidente Administrativo da Federação de Xadrez do Pará, entidade que, juntamente com o Deputado Estadual Gesmar Costa. Também agradecemos ao Prefeito Tião Miranda pela contribuição do banner da Copa. 








MÁRCIO MUNIZ, DE PARAUAPEBAS, VENCE A IV COPA SUL E SUDESTE DO PARÁ NO TERCEIRO TABULEIRO

Márcio Muniz recebe premiação de Laura Araújo



Jadson Sousa recebe premiação de Márcio Muniz
Aqui começam as postagens relativas a IV COPA SUL E SUDESTE DO PARÁ DE XADREZ, trata-se de uma competição intermunicipal, por equipes. Cada município participante trouxe sua equipe de três atletas, sendo eles nominados de primeiro, segundo e terceiro tabuleiros, pelo critério de força. A competição aconteceu neste 21 de outubro no Shopping Pátio Marabá, na Casa do Pão de Queijo e contou com a participação de 06 atletas nas disputas do Terceiro Tabuleiro, dos municípios de Marabá, Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Parauapebas, Rondon do Pará e Xinguara. 


Éder - Canaã dos Carajás

Márcio Muniz - Parauapebas
Gabriel (ao centro) - Xinguara

Jadson - Marabá

Ramon - Rondon do Pará
João Victor - Eldorado dos Carajás

Os vencedores receberam boa premiação, o Campeão levou para casa a quantia de R$ 150, troféu lindíssimo e medalha personalizada de campeão, o vice a quantia de R$ 120, e a medalha, o terceiro colocado também recebeu medalha e a quantia de R$ 80. Vale salientar que o projeto dos troféus e medalhas, bem como a premiação em espécie foi obtida pelo Sr. Márcio Muniz que é o atual Vice Presidente Administrativo da Federação de Xadrez do Pará, entidade que, juntamente com o Deputado Estadual Gesmar Costa. Também agradecemos ao Prefeito Tião Miranda pela contribuição do banner da Copa. 

Os atletas jogaram 05 partidas com o tempo nocaute de 21 minutos, pelo Sistema Round-Robin, com os critérios de Tie-Brake o Berger e o Progress. Os atletas tiveram as inscrições gratuitas, considerando as volumosas despesas de seus deslocamentos. Nas disputas dois enxadristas despontaram com chances de ser o vencedor, Marabá e Parauapebas, mas, logo na segunda rodada quando se enfrentaram a vitória seguiu para o município visitante, Márcio Muniz venceu ao marabaense Jadson Sousa que ficou na torcida para uma derrota de percurso do seu adversário, que não aconteceu. As disputas do terceiro lugar ficou entre Eldorado dos Carajás e Rondon do Pará, cabendo o posto para o representante de Rondon do Pará que, também, na disputa direta o Ramon (Rondon) venceu João Victor de Eldorado dos Carajás.

Segue abaixo mais detalhes das disputas:



CLUBE DE XADREZ MARABÁ COMEMORA 28 DE FUNDAÇÃO COM ENXADRISTAS DO SUL E SUDESTE DO PARÁ

Uma festa com o melhor do Xadrez do Sul e Sudeste do Pará


O dia 21 de outubro foi de muita alegria, nesta data, no ano de 1989 era criado o Clube de Xadrez Marabá pelos pioneiros Antonio Carlos Silva Almeida e Rubens Carlos Kossatz, cabendo a este último ter sido o primeiro presidente, daquele que é o Clube de Xadrez mais antigo do Estado do Pará, na época havia na capital setor de clubes que abrigavam a prática enxadrística, mas, não como um clube dedicado ao xadrez. A primeira competição oficial aconteceu na Loja Maçônica da Praça Duque de Caxias. É uma história de muita luta para tornar esse esporte popularizado, pois o mesmo trabalha princípios e valores para a vida, feitos que o tornou muito apreciado pelo setor educacional de países desenvolvidos. E a data não passou em branco, foi comemorada em família, com a participação de enxadristas de cinco municípios visitantes.