Rápido

Modalidade: Relâmpago (Blitz)
É uma variação do xadrez tradicional na qual existe um limite de tempo de no máximo 10 minutos para cada jogador. Nessa modalidade os jogadores profissionais não precisam anotar seus lances.
 
 
Modalidade: Xadrez Rápido
A partida de ‘Xadrez Rápido’ é aquela onde todos os lances devem ser feitos num limite de tempo predeterminado de 10 minutos e 01 segundo, mas menos de 60 minutos para cada jogador, ou seja, um torneio com tempo de reflexão de 30 minutos para cada jogador é considerado xadrez rápido.
 
Aqui os jogadores não precisam anotar os lances da partida e quando houver adequada supervisão de jogo, (por exemplo, um árbitro para no máximo três partidas) aplicam-se as Regras da FIDE para Competição.
 
 
As Regras do Xadrez Rápido diferenciam um pouco do xadrez pensado, vejamos:
 
a.Uma vez que cada jogador tenha efetuado três lances, nenhuma reclamação pode ser feita relativamente à colocação incorreta das peças, posicionamento do tabuleiro ou acerto do relógio. No caso de troca de posição de rei e dama não é permitido rocar com este rei.
 
b.O árbitro deverá intervir (Ato de mover as peças ), somente se for requerido por um ou ambos os jogadores.
 
c.Um lance ilegal está completo assim que o relógio do oponente for posto em movimento. O oponente tem então o direito de reclamar que o jogador completou um lance ilegal, desde que não tenha feito seu lance. Apenas após tal reclamação é que o árbitro deverá fazer uma intervenção. Entretanto se ambos os reis estão em xeque ou a promoção de um peão não foi completada, o árbitro deverá intervir, se possível.
 
d.A seta é considerada caída quando for feita uma reclamação válida neste sentido por um dos jogadores. O árbitro deverá abster-se de sinalizar uma queda de seta, mas poderá intervir se ambas as setas caírem.
 
e.Para reclamar uma vitória por tempo, o requerente deve parar ambos os relógios e avisar o árbitro.
 
f.Para a reclamação ser bem sucedida, depois que os relógios tiverem sido parados, a seta do reclamante deve estar ‘em pé’, e a de seu oponente caída após os relógios terem sido parados.
 
g.Se ambas as setas estiverem caídas o árbitro deverá declarar a partida empatada.
 
 
Modalidade: Xadrez Pensado
 já se tiver 61 minutos de reflexão será considerado “pensado”.
 
 
Novas Regras do Xadrez, valendo a partir de 01 de julho de 2014
Depois de muita especulação e ansiedade por muitos jogadores e árbitros, enfim a FIDE – Federação Internacional de Xadrez, homologou as alterações na Lei do Xadrez, alterações estas que já estão valendo desde o dia 01 de julho de 2014. Confira abaixo quais serão as principais mudanças na Lei e como elas irão afetar o jogo de agora em diante.

“O árbitro poderá interferir em casos que antes não poderiam em provas de xadrez rápido e relâmpago.”

Com esta alteração, o árbitro poderá acusar queda de seta nestas provas (antes o jogador deveria avisar a queda). Também poderá acusar lance impossível.

“Na modalidade xadrez rápido, o jogador perderá sua partida ao cometer apenas um lance impossível.”

Agora a atenção dos jogadores terá que ser redobrada nestas provas, pois antigamente o jogador terei que cometer três lances impossíveis para perder a partida.

“Na modalidade de xadrez convencional, o jogador perderá sua partida ao cometer dois lances impossíveis”

Assim como as modalidades de rápido e relâmpago, a alteração dessa regra afetará principalmente torneios de categorias, torneios estes aonde ocorrem a maioria dos lances ilegais no xadrez.

“O tempo do xadrez Rápido e do xadrez Blitz (relâmpago) foi alterado. Agora uma partida de xadrez blitz é caracterizado pelo tempo de até 10 minutos (antes era 15 minutos). Já o xadrez Rápido começará com 10 minutos e 1 segundo e inferior a 60 minutos (Antes era de 15 minutos e 1 segundo a 60 minutos).”

Com esta alteração nos tempos dessas provas, com certeza surgirão novos formatos de torneios, o que vai privilegiar aqueles jogadores que costumam jogar apenas nos finais de semana.

“Poderá ter apelações contra o árbitro e suas decisões”

Desde que não tenha nada especificado no regulamento da competição, um jogador poderá entrar com recurso contra uma decisão ou atitude da arbitragem, mesmo se ele já tiver entrega a planilha assinada. Isto abrirá muitos precedentes e poderemos ver uma enxorada de apelações em torneios mundo afora. Entretanto, forçará os árbitros a tomarem as melhores decisões, para que ninguém tente entrar com recurso em uma situação já perdida.


“9.6 Se uma ou ambas das hipóteses abaixo ocorrer (em) então a partida está empatada:
 

a. a mesma posição apareceu, conforme em 9.2, pelo menos por cinco lances consecutivos ou
alternados por cada jogador.


 b. qualquer série consecutiva de 75 lances tenha sido completada por ambos os jogadores sem
qualquer movimento de peão e captura. Se o último lance for xeque-mate, este deve ter
precedência.”

Isto acabará com os famosos lances para enrolar e tentar vencer por tempo.

“11.3.b – Durante a partida, é proibido ao jogador portar celular e/ou outro meio eletrônico de comunicação no ambiente de jogo. Se é evidente que o jogador trouxe tais equipamentos eletrônicos para o ambiente de jogo, deverá perder a partida. O oponente deverá vencer. O regulamento de uma competição pode especificar penalidade diferente, menos severa. O árbitro pode solicitar ao jogador que permita a revista de suas roupas, bolsas ou outros itens pessoais a serem inspecionados, em revista privada. O árbitro ou pessoa – do mesmo gênero do jogador – autorizada pelo árbitro, deverá revistar o jogador. Se o jogador recusar-se a cooperar com estas obrigações, o árbitro poderá tomar medidas de acordo com o disposto no Artigo 12.9.”

Talvez a mais severa das mudanças, pois agora, se um jogador chegar a sua mesa, iniciar a partida e for comprovado que está portando um celular, tablet, mp3, perderá a partida automaticamente, mesmo se o aparelho não esteja ligado. Mas isto só vale se não tiver nenhuma ressalva feita no regulamento da competição.
Iremos acompanhar como será os torneios do próximo final de semana, torneios estes que já terão que estar enquadrados nestas novas regras.
Texto Original em Inglês
Tradução do AI Antônio Bento

Nenhum comentário: