sábado, 9 de abril de 2016

São Francisco, Uma Escola Modelo no Xadrez

Com o trabalho de introdução do Xadrez, iniciado em 2006, desde então, a prática de ensinar e de colocar alunos nas competições oficiais não mais parou. Estiveram neste trabalho a Professora Laura Sousa Araújo e eu (Francisco Arnilson), com total apoio da Diretora Raimundinha, Vice Diretoria Ivaneide e do Professor Gileno Rocha. As primeiras oficinas visavam a preparar estudantes e multiplicadores. E deu muito certo. De cerca de 15 estabelecimentos impactados, esse foi, sem dúvida o que deu mais certo. De lá para cá as aulas de xadrez e a realização de competições internas e da participação de alunos nos torneios do Clube de Xadrez tem sido uma constante. Se o município pudesse avaliar o bem proporcionado em todos os estudantes envolvidos, certamente, se convenceria que há um modelo a ser seguido e, os benefícios estão todos lá.

Mas, a primeira competição aconteceu apenas em 27 de outubro de 2010 com a realização da IX Olimpíada da Escola São Francisco, aconteceu as competições, desta feita, para as categorias A e B, por equipes, nos gêneros masculino e feminino com 27 participantes. Um grande começo.

Em Setembro de 2011 a Escola São Francisco levou o Xadrez ao Desfile Cívico da Independência, com o Rei e a Rainha devidamente trajados e as demais peças de Xadrez Gigante, levando novidades e aplausos do público presente. Foi uma excelente oportunidade para esse esporte e para essa escola.

Em 20 de setembro de 2014 foi realizado o Torneio de Xadrez do Mais Educação N1 e N2, contou com 22 participantes, tempos do brilhante garoto Jéferson Ribeiro de Sousa, Clemilson Santos Pinheiro, Claudemir Bezerra de Moraes e Rebeca Sara A. Lopes.

Estes foram apenas algumas competições realizadas na Escola São Francisco. No entanto, desde 2008 a Escola tem participado dos Jogos Estudantis de Marabá e Jogos Estudantis da Castanha, dos Torneios e Campeonatos do Clube de Xadrez Maraba e sempre colocando seus atletas nos pódios.