quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Oficina de Xadrez no Presídio em Marabá

O Xadrez pode estar mais perto do Presídio em Marabá, pelo menos os acertos estão sendo feitos para a realização de duas oficinas, sendo uma para o público masculino e outra para o feminino. Apenas alguns detentos poderão participar. São pessoas que optaram por regenerar-se e já recebem maior atenção das autoridades do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes.


As oficinas serão promovidas no mês de setembro, desde que atendidas algumas condições de estrutura física, necessárias para as aulas, em três datas diferentes. O que foi solicitado foram as mesas apropriadas para a colocação dos tabuleiros, tendo em vista que, as existentes no espaço educacional são as carteiras com braços, inadequados para a prática enxadrística.

É uma experiência nova para nós. Estaremos juntos de pessoas que cometeram atos reprovados pela sociedade e foram julgados ao cumprimento de penas e, agora querem ressocializar-se. O xadrez pode dar uma tremenda contribuição pelo desenvolvimento e aprimoramento da maquina pensante, na qual o praticante tende a fazer simulações mentais e avaliar as consequências de seus atos. Estamos no aguardo do posicionamento das autoridades do centro prisional.