sexta-feira, 16 de agosto de 2013

VAI COMEÇAR O CAMPEONATO MARABAENSE POR CATEGORIAS


Tentando adotar a mesma metodologia de anos anteriores, promovendo os Campeonatos Municipais por categorias, notadamente um trabalho árduo, enchemo-nos de coragem, acreditando que encontraremos algum apoio. Apresentamos o nosso Calendário para o ano de 2013 cobrindo todas as categorias. 

Também vamos tentar promover, como nos anos anteriores a bonita Cerimônia de Premiação com a entrega das premiações dos Campeonatos Marabaenses, com a presença de convidados especiais. Buscar colocar o xadrez em destaque valorizando o trabalho de muitos profissionais, educadores, estudantes e familiares.

Em nossa filosofia de trabalho adotaremos os seguintes princípios para nossos torneios (em breve mais detalhes:


As inscrições já estão abertas. Mais informações: 8166-1616.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

POR QUE (QUASE) NINGUÉM AJUDA?


Em Marabá, cidade da região Sudeste do Pará com cerca de 239.000 habitantes o xadrez até conta com a simpatia de muitas autoridades, elas até expressam a importância do jogo. Já tive inúmeros contatos com políticos, empresários e educadores que mostram-se entusiasmados com os benefícios para as crianças e estudantes. Existe esta simpatia, o jogo é bem visto e estimulado em "palavras".


A cada início de gestão da Câmara Municipal eu apresento aos vereadores a necessidade de implantação do xadrez nas escolas mesmo que seja como uma atividade optativa, apresento aos secretários municipais o nosso desejo de formar educadores para atuarem nas escolas. Aos vereadores entrego cópias de Projetos de Lei já aprovados para servir como modelo. É incrível a recepção que temos por parte dos nossos representantes, isto é, quando os encontramos em seus gabinetes. No entanto, tudo parece que vai dar certo, saímos satisfeitos e, no entanto eram apenas promessas de pessoas que não se incomodam em prometer.

Em muitas entrevistas sou perguntado do por que o xadrez não possui um projeto municipal para as escolas. É uma pergunta muito espinhosa pois, se já está ruim sem nada acontecer, preciso ter o cuidado para que não fique pior. A resposta é diplomática: é de que ainda não chegou o momento da nossa grande cidade vivenciar uma experiência desta magnitude. Embora, quereria dizer que já passou o tempo certo e as pessoas não sabem o quanto é importante e maravilhoso jogar xadrez e, em paralelo, desenvolver nossas maiores capacidades cerebrais e de formar laços de amizades. Estas não sabem o que perdendo.


Nas Escolas nossos estudantes recebem muito pouco de conhecimentos enxadrísticos, lhes faltam livros e condições de estudo, os professores e monitores precisariam participar de alguma formação e consequencia é visível, muitos estudantes abandonam o ambiente escolar por terem baixo rendimento aumentando os índices de evasão escolar gerando uma grande quantidade de excluídos. A nossa Cidade e o nosso Estado do Pará tem números assustadores de violência, faltam projetos sociais e educativos para manter estes jovens nas escolas.

Gostaria de apontar o nome de um político marabaense na atualidade com interesse no desenvolvimento do xadrez. Neste momento não temos nenhum nome com esta preocupação. A classe empresarial é outro segmento que parece desconhecer a importância de projetos de responsabilidade social, salvo alguns poucos como é o caso do Paulinho do Sindicato do Comércio de Marabá, do Tarcísio da Tratorpeças e do Jorge Bichara da Unimed que nos ajudaram bastante no ano de 2012, além é claro da Tanilza e Lena das Lojas Corpo e Seda e Requinte Store respectivamente esposa e sócia.

Por conta desta situação, uma pergunta: será que em todo o lugar é assim? Pelo menos posso mostrar um caso concreto, da enxadrista Fernanda Rodrigues, de Belo Horizonte (MG) que possui um currículo invejável de vitórias como Bi Campeã Sulamericana 2009 e 2010, Campeã Panamericana Escolar, Tri Campeã Brasileira FENAC, Hexa Campeã Brasileira Escolar, Campeã Mineira Feminina 2008, Campeã Mineira Sub18, Campeã Sub14 do Aberto Internacional de Xadrez (Festa da Uva) em 2010.

A Fernandinha tem vários apoiadores, patrocinadores e admiradores. Ela é patrocinada pelo SESI-FIEMG, apoiada fortemente pela família, é treinada pelo Mestre Internacional Jefferson Pelikian, Prof. Júlio Lapertosa, tem como intercessores os Pastores Jorge Linhares, Elienos e Esmeralda. Recebe incentivos do Professor Anastásia Governador de Minas Gerais, do Secretário de Esportes Gustavo Correa e o Presidente do Tribunal de Justiça Militar de MG MM Juiz Cel. PM Rúbio Paulino. Além de ser admirada por toda a comunidade enxadrística nacional, de todos os nossos grandes mestres nacionais e outros internacionais.

Desejo neste momento aplaudir a família e toda esta turma de pessoas que acreditam, apoiam e contribuem para o crescimento da simpática Fernanda Rodrigues. A garota possui uma história linda e uma experiência de vida fascinante. 

Seria muito bom que nossos grandes homens fossem capazes de feitos relevantes, dignos de elogios. Muitos são os casos de escândalos políticos de pessoas que fazem mal uso dos recursos que são públicos.

Esta postagem teve como base a carreira da enxadrista Fernanda do Xadrez e pode ser acompanhado no seguinte endereço: http://fernandaxadrez.blogspot.com.br/.