sexta-feira, 24 de maio de 2013

TREINAMENTO DE XADREZ NO CSSM NO DIA 26 DE MAIO

MATERIAL DE RECORDAÇÃO DO CLUBE DE XADREZ DE CURITIBA, PRESENTE DO AMIGO CALLEROS

O Clube de Xadrez Marabá visando aprimoramento técnico, ao longo dos últimos três meses, vem ofertando aos marabaenses a oportunidade de melhor qualificação técnica, condições de treinamento e de competições. Esta oportunidade foi oferecida aos participantes dos Jogos Estudantis Marabaenses das categorias A e B, realizado nesta quinta-feira (23/05). Será uma preparação que o sistema, ou seja, a rede de ensino ainda não oferece aos nossos estudantes e atletas dos tabuleiros.

Muitos sentiram na pele a necessidade de maior reciclagem ou, de aprenderem coisas novas. Aparentemente, parece, que sabemos de tudo e vamos ensinar tudo. Na verdade, ofertamos gratuitamente a possibilidade de crescimento mediante o estudo de livros e de softwares e da própria experiência de vida. Muitos dos nossos atletas ressente-se do aprendizado dos livros ou de programas de treinamento. Também, vale ressaltar a inexistência destes materiais no comércio local ou nas bibliotecas públicas.

Por fim, convidamos nossos enxadristas, participantes dos Jogos Estudantis à comparecerem neste domingo (26/05) a partir das 9 horas da manhã no Clube dos Subtenentes e Sargentos de Marabá (CSSM), na Vila Militar Castelo Branco. 

JOSÉ TIAGO DO JOÃO ANASTÁCIO VENCE A CATEGORA A - MASCULINO

MATEUS MOREIRA (3º), JOSÉ TIAGO (1º)  E JOÃO PAULO (2º LUGAR)

Realizado simultaneamente a competição feminina, os jogos da Categoria A masculino com a participação de nove enxadristas, representando sete escolas diferentes, foi promovida pelo Sistema Suíço em quatro rodadas, considerando número reduzido de inscritos, apresentou boas disputas e partidas bem equilibradas, resultando na conquista do enxadrista José Tiago O. Gomes da Escola João Anastácio de Queiroz, tornando-se, juntamente com o vice campeão Mateus Moreira de Jesus, também da mesma escola, representantes da cidade na Etapa Regional de Parauapebas que será realizada no dia 30 de maio, provavelmente na Escola Eduardo Angelin (09h00).

A Escola João Anastácio de Queiroz fez um trabalho de base e realizou treinamentos especiais. Assim, o João Anastácio destacou-se no certame graças ao excelente trabalho da Professora Patrícia Correa, demonstrando para as demais escolas que, se investir nos alunos e resultado virá. Nossos parabéns aos garotos, à professora e direção da Escola.


O terceiro colocado da competição é o enxadrista João Paulo Batista Freitas da Escola São Francisco que se coloca como suplente para disputar o seu primeiro torneio de xadrez estudantil regional. Provavelmente vamos ter, novamente, o problema da carteira de identidade. Um problema de fácil solução quando há interesse dos governantes.

NOSSOS ATLETAS EM PLENO EXERCÍCIO MENTAL:

GILBERTO GOMES S. FILHO - ESC. IRMÃ THEODORA

LEANDRO DIAS SEIXAS - FUTURO EDUCACIONAL

MATEUS MOREIRA DE JESUS - ESC. JOÃO ANASTÁCIO

JAIRO DE CASTRO ALVES - ESC. PLÍNIO PINHEIRO

JOÃO PAULO B. FREITAS - ESC. SÃO FRANCISCO

MOISÉS MIRANDA LOURENÇO - ESC. ARTUR GUERRA

PEDRO HENRIQUE SOUSA- ACY BARROS

JOSÉ TIAGO O. GOMES - ESC. JOÃO ANASTÁCIO

PREMIAÇÃO:



 

À ESQ. PROF. WANESSA E PATRICIA CORREA
PREMIAÇÃO POR EQUIPES

MOMENTO DE INTEGRAÇÃO:

 


A TURMA FELIZ DA ESC. IRMÃ THEODORA

TABELAS DA COMPETIÇÃO:



CLASSIFICAÇÃO FINAL - INDIVIDUAL:

JACKELINE IASHMIN VENCE OS JOGOS ESTUDANTIS DA CATEGORIA "A"

ALANIS PATRICK (3º), JACKELINE IASHMIN (1º) E MARIA ELVIRA (3º LUGAR
A BELEZA E MUITOS SORRISOS DAS NOSSAS GUERREIRAS

Teve início na manhã desta quinta (23/05) nas dependências da Escola Plínio Pinheiro as primeiras competições de xadrez da 5ª Edição dos Jogos Estudantis Paraenses de 2013, visando apontar os representantes municipais à Regional de Parauapebas, etapa que selecionará os representantes à Fase Estadual (os Super Jep´s) que escolherá os representantes da Fase Nacional.

Com um pequeno atraso as competições da Categoria “A” tiveram início, disputando em separado os naipes masculino e feminino com equipes de até dois atletas.

Defendendo uma hegemonia no xadrez feminino a enxadrista Jackeline Iashmin S. Aguirre, aluna da Escola Anísio Teixeira conseguiu manter a coroa do xadrez Marabaense da categoria “A” (12, 13 e 14 anos). A competição demonstrou uma forte competitividade com partidas difíceis para todas as participantes.

A competição foi realizada pelo Sistema Suíço em três rodadas com o tempo de 21 minutos de reflexão com 08 atletas inscritas e sem nenhum contratempo. A enxadrista Jackeline Iashmin garantiu a sua participação aos jogos de xadrez Etapa de Parauapebas e vai com muita técnica e boa vontade para disputar o título de bi campeã regional. Nos Jep´s realizado em Marabá em 2012 foi a nossa grande campeã e se Deus quiser teremos mais um título.
A segunda representante da Categoria A – Feminino é a atleta Maria Elvira H. Rocha, aluna da Escola Futuro Educacional que vem desde o ano de 2012 apresentando excelentes atletas no xadrez de Marabá.


PREMIAÇÃO

Após o encerramento da competição, todas as atletas permaneceram no Salão de Jogos e aguardaram a cerimônia de premiação com a entrega das medalhas de ouro, prata e bronze. Representando o Departamento de Educação Física da Secretaria de Educação a Professora Wanessa fez a entrega oficial para os três melhores colocados no individual e a entrega dos troféus de campeão e vice por equipes. Os troféus destinam-se às Escolas que muito orgulhosamente colocam em local de destaque.


FALTA DE DOCUMENTOS

No entanto, dada a dificuldade da emissão da Carteira de Identidade, sempre falta material e agora o sistema funciona por agendamento, dificilmente a atleta conseguirá os documentos necessários para participar. Ainda assim, dado o bom senso e da importância da representatividade do município, acreditamos que será convocada a integrar a equipe feminina a enxadrista Alanis Patrick C. S. Correia da Escola Disneylândia.

Este problema é comum em nosso estado, da dificuldade da emissão do documento de Identidade. Por conta desta situação muitos atletas ficarão de fora desta grande festa esportiva estudantil. Que nossas autoridades possam tomar providências urgentes e efetivas para solucionar este problema para sempre.


NOSSAS ENXADRISTAS EM AÇÃO

JACKELINE IASHMIN
MARIA ELVIRA
ELOISA MARIA
FLAVIA EVELIN

MAYANE LIMA

RAQUEL OLIVEIRA
GABRIELY DE LIMA
ALANIS PATRICK
ALANIS VERSUS ELOISA

FLAVIA VERSUS GABRIELY


PREMIAÇÃO INDIVIDUAL

PROF. WANESSA (SEMED)
 
PREMIAÇÃO POR EQUIPES
WANESSA, MARIA ELVIRA, JACKELINE E PATRICIA

TABELAS DA COMPETIÇÃO:
PRIMEIRA, SEGUNDA E TERCEIRA RODADAS:

CLASSIFICAÇÃO FINAL:

segunda-feira, 20 de maio de 2013

JOGOS ESTUDANTIS DE MARABÁ NESTA QUINTA-FEIRA


Antes marcado para acontecer em duas datas, as disputas do xadrez acontecerão em única data conforme já divulgado. Será no próximo dia 23 de maio com os jogos da Categoria A acontecendo a partir das 08 horas da manhã e os jogos da Categoria B às 14 horas, na Escola Estadual Plínio Pinheiro no Centro. 

A abertura oficial da 5ª edição dos Jogos Estudantis Marabaenses (JEM's) aconteceu na última terça-feira (14/05) no Ginásio Olímpico Renato Veloso com a presença de várias autoridades, representantes e atletas das escolas públicas e privadas. 

Foto: www.maraba.pa.gov.br

O enxadrista Ricardo Vinícius Castro e Sousa, aluno da Escola A Fazendinha foi escolhido para prestar o juramento do atleta perante um Ginásio superlotado de estudantes. Estive ausente da cidade e não pude ver o nosso atleta fazer bonita demonstração de esportividade no juramento prestado. 

Nesta quinta edição temos a confirmação de 54 atletas inscritos sendo 35 do gênero masculino e 19 do gênero feminino, superando a marca de 2012 quando tivemos apenas 35 participantes.

Ressaltamos os nomes dos vencedores dos 4ºs Jogos Estudantis Marabaenses acontecido em 2012 e que, muitos deles voltam a competir e disputar mais medalhas e troféus. O garoto Ricardo Vinícius retorna para disputar novo título, bem como nomes importantes como Júlio dos Santos, Lucas Borges de Freitas, Jackeline Iasmin e Sara Rivera Ikeda.

Classificação Individual - Categoria A - Masculino 
1º lugar - Ricardo Vinícius C. Sousa - Escola A Fazendinha;
2º lugar - Jairo de Castro Alves         - Escola José Mendonça Vergolino;
3º lugar - Leandro Ferreira Oliveira   - Escola São Francisco.

O garoto Ricardo Vinícius mudou e está na Categoria B e abre espaço para um novo campeão na categoria, considerando que o vice e o terceiro lugar não estão inscritos. É estranho saber que se tem um garoto forte e não inscrevê-lo.

Classificação Individual - Categoria B - Masculino 
1º lugar - Júlio dos Santos Lourenço - Colégio Monte Castelo;
2º lugar - Lucas Borges de Freitas    - Escola Artes e Manhas;
3º lugar - Lucas Mendes Aguiar         - Escola Êxito.

Na categoria B do masculino a competição deve apresentar fortes emoções e partidas com muita técnica. Participam das disputas o atual campeão Júlio dos Santos, Lucas Borges (vice) e o campeão do A de 2012 Ricardo Vinícius Castro e Sousa.

Classificação Individual - Categoria A - Feminino 
1º lugar - Jackeline Iasmin S. Aguirre - Escola Anísio Teixeira;
2º lugar - Larissa Helena Bola Silva   - Escola Duque de Caxias;
3º lugar - Eloisa Maria A. Ribeiro       - Escola Acy Barros.

A aluna da Escola Anísio Teixeira Jackeline Iasmin foi a campeã e participará mais uma vez na categoria A sendo a favorita ao campeonato, considerando as ausências de Larissa e Eloisa. No entanto, encontrará fortes adversárias como: Flávia Evelyn, Francielma Melo, Maryana Piterson e Alanis Correa. 

Classificação Individual - Categoria B - Feminino
1º lugar - Sara Rivera Ikeda            - Escola Pequeno Príncipe;
2º lugar - Fabiana Regina da Cruz - Escola Acy Barros;
3º lugar - Rayane Freitas da Silva  - Escola Acy Barros.

A aluna da Escola O Pequeno Príncipe Sara Rivera Ikeda é a favorita ao título da categoria B, mas, no entanto, encontrará as boas jogadoras Alzira Karoline, Bruna Gomes e Zahara Porto.

Classificação Por Equipes - Categoria A - Masculino
1º lugar - Escola A Fazendinha;
2º lugar - Escola José Mendonça Vergolino;
3º lugar - Escola São Francisco.

Classificação Por Equipes - Categoria B - Masculino
1º lugar - Colégio Monte Castelo;
2º lugar - Escola  Irmã Theodora;
3º lugar - Escola Geraldo Veloso.

Classificação Por Equipes - Categoria A - Feminino
1º lugar - Escola Duque de Caxias;
2º lugar - Escola Anísio Teixeira;
3º lugar - Escola Acy Barros.

Classificação Por Equipes - Categoria B - Feminino
1º lugar - Escola Pequeno Príncipe;
2º lugar - Escola Acy Barros;
3º lugar - Escola Irmã Theodora.

Ainda não é possível definir com exatidão a modalidade de disputa, mesmo com o número de participantes inscritos já anunciados. A modalidade será definida com a confirmação final dos participantes e isto ocorre justamente momentos antes a competição.

Após a definição dos sistemas para os jogos, a organização definirá os Comitês de Apelação de cada competição individual, com a finalidade de dirimir equívocos da arbitragem.

Os Jogos Estudantis Marabaenses (5º JEM´s) acontece em um momento de início de governo e com uma vontade muito especial de fazê-lo o maior e melhor de todos os tempos. Para o sucesso e organização final foi firmada parceria da Secretaria de Educação com Coordenação Geral do Departamento de Educação Física e com a Secretaria de Esportes e sob a responsabilidade da empresa D-Clin (Professor Daniel). 

Por fim, neste momento em que o Brasil passa por um momento de crise ética, da falta de princípios morais e dos valores mais humanos, os Jogos Estudantis Marabaenses torna-se um fio capaz de mostrar uma ação dirigida aos jovens que, através dos esportes vivenciam momentos inesquecíveis, capazes de colocar à prova seus valores. 

A realidade brasileira nos mostra através de acontecimentos importantes e deprimentes em vários setores e escalões da sociedade, gente que deveria mostrar riqueza de princípios, sobretudo da honestidade e bom uso do dinheiro público, fazendo totalmente o contrário. A  crise moral afeta a formação da personalidade e a falta de educação qualidade produz cidadãos fracos e pobres de caráter, além do mais, precisamos muito, muito mesmo, de mais escolas, mais professores e uma educação com uma jornada compatível a uma nação de primeiro mundo. 

Faltam projetos de governo capazes de atender a real necessidade de formação e de crescimento pessoal. Quem dera o Brasil pudesse olhar a educação de países que investem seriamente na educação de seu povo e começasse a fazer o mesmo. Quem dera essa discussão, esse debate viesse à tona e se tornasse realidade e investiríamos em desenvolvimento humano o que se entrega através das bolsas famílias sem um resultado visível do ponto de vista do aprimoramento intelectual e laboral. Enfim, pelo menos os jogos estudantis representam um momento de cidadania e de elevação e o xadrez tem uma importante contribuição nisso tudo que destacamos neste texto.