domingo, 31 de março de 2013

DOMINGO COM XADREZ NO CABELO SECO


XADREZ NA CALÇADA
 
Neste domingo (31/03) não houve a tradicional (ou quase) Interação que vem acontecendo aos domingos no CSSM. Acreditamos que o Feriado da Semana Santa tenha mobilizado os jogadores de xadrez. Foi o 5º domingo de Interação, como costuma assumir compromissos, responsabilidades, fiz a minha parte, compareci e aguardei pelos companheiros. Também, mais uma vez fiz o convite por "torpedos" nos celulares e solicitei a confirmação da ída ao Clube. Não houve confirmação. Chateado? Não.
 
A PRAÇA DO CABELO SECO
 
NOSSA SAÍDA FOI ESSA CALÇADA
 
Aproveitei o momento vago para fazer uma visita ao Cabelo Seco, bairro que originou a Cidade de Marabá que sempre recebe a programação oficial comemorativa a fundação de Marabá. De antemão, sabíamos que encontraríamos uma comunidade muito receptiva e apostei na minha ída. Ao chegar no local, na Praça Deodoro de Mendonça encontrei uma praça muito molhada e com poucos espaços para nosso trabalho. De todas as possibilidades achamos por bem utilizarmos uma calçada para apresentarmos o xadrez àquelas crianças.
 
Bastou começarmos o nosso trabalho de iniciação, após colocarmos o tabuleiro na vista destes para que começassem a chegar nossa clientela. Como disse, garotos e garotas muito receptivas e desejosas de aprender. Iniciamos com muita empolgação. Mas, sofremos um pouco com a poluição sonora de muitos carros de som que insistia em passar no local a cada 10 minutos, interrompendo com o som elevado. Problemas que temos que tolerar.
 
Na Comunidade pudemos sentir a falta de muita coisa. Uma situação de abandono total. A praça está decadente, as ruas que não são varridas, o esgoto e a água parada e lixo, embora o carro tenha passado e deixado muita coisa nas ruas.
 
Pude ver em uma casa próxima algumas crianças em improviso, jogando tênis de mesa. Muitas, muitas crianças no bairro e, pude fazer minha ação social com grande proveito para essas crianças. Vejam as fotos da visita do Clube de Xadrez Marabá ao Bairro que deu origem a Cidade de Marabá.

 
AS CRIANÇAS CHEGANDO AOS POUCOS
 
IMPROVISO NO JOGO DE TÊNIS DE MESA
 
QUEM CHEGAVA FICAVA PARA APRENDER
 
FOI MUITO GRATIFICANTE FAZER ESTE TRABALHO
 

sexta-feira, 29 de março de 2013

XADREZ NA CASA DAS ARTES EM PARAUAPEBAS

 
 
Notícia boa que vem de Parauapebas, dá conta que neste 29/03 (sexta-feira) teremos Xadrez na Casa das Artes a partir das 19h30. Que bom, será na Rua A n.º 306. A Casa tem uma proposta muito positiva, principalmente, considerando o potencial de seu projeto cultural, de desporto e tecnologia, assegurados pela vasta experiência de expoentes como o Cláudio Luz, Carlos Alessander e outros entusiastas. Aliás, devemos considerar a importância desse olhar para o Xadrez.
 
Avaliando a PALESTRA: XADREZ PRÁ VIDA, proferida por Carlos Alessander no dia 23/03 em Marabá, imaginamos que este trabalho deve ser apresentado também, essa e outas palestras visando amparar crianças, jovens e adolescentes para uma prática salutar e educativa capaz de melhorar profundamente o funcionamento cerebral.
 
Lembro-me da genialidade e capacidade criativa, artística, do Cláudio Luz. Um artista altamente produtivo que terá, ainda, muito mais, seu trabalho projetado para o crescimento e surgimento de talentos. Sabemos que estes dois companheiros sempre abre caminhos positivos de promoção do ser humano.
 
Também acredito, imagino, que vá acontecer neste espaço de Artes, o trabalho do Labirinto Cine Clube, que tanto tem atraído a atenção da juventude parauapebense. Se existe esta experiência e esse trabalho já promovido em outros anos, a Casa deve ser um espaço fundamental para a concentração desta base já construído.
 
 
Decidi colocar uma imagem que me chamou a atenção quando o Carlos Alessander proferia a palestra, cuja camiseta anunciava a Casa das Artes. O xadrez encontra excelente hospedagem. Boa sorte.
 
Não percam:
XADREZ INTERAÇÃO NO CSSM neste 31/03/2013 (domingo)
A partir das 09:00 horas - Grátis.

quinta-feira, 28 de março de 2013

INTERAÇÃO NO CSSM - VAMOS LÁ?

CORREIO DO TOCANTINS
SOBRE A COPA CENTENÁRIO
O Clube de Xadrez Marabá está tentando habituar os enxadristas locais, quanto a prática e ao treinamento. Algumas pessoas até ligar querendo jogar e conhecer quem são os praticantes locais e, faltava um local para este Encontro.
 
O CSSM tem sido um excelente local para os eventos do CX Marabá, oportunidade que aproveitamos para promover nossos Encontros de Interação, evento também chamado de "Peladas", por promover partidas amistosas e de estudo.
 
No próximo domingo de Feriado (30/03) estaremos novamente e esperamos encontrar um bom número de presentes. Queremos acender a chama daqueles que jogam e não disputam competições, simplesmente pelo medo de ficar mal posicionado na Classificação Final, sempre com a velha alegação: "Ah! Faz tempo que eu não pratico e também não treinei".
 
Esperamos que muitos possam despertar o sentimento da ação, de participar, de aproveitar as oportunidades e valorizar o trabalho do Clube de Xadrez Marabá pois, atualmente, temos encontrado um público reduzido de marabaenses em nossas competições. E ainda, por esta razão ainda não divulgamos nosso Calendário de 2013, por dificuldades de reunir um Grupo de Trabalho comprometido com nosso planejamento. O Calendário até que foi aprovado em reunião mas, foi decidido que era melhor buscar uma estratégia de apoio.
 
Mesmo com a mudança de governo, com novo prefeito, novos secretários e novos vereadores ainda não conseguimos, por várias razões, definir parcerias. Talvez ainda seja muito cedo.
 
Por fim, convidamos todos os amantes e simpatizantes do Xadrez para o nosso Domingo de Interação no CSSM, que tem início às 9:00 horas e encerramento às 12:00. Maiores Informações: 8166-1616.

quarta-feira, 27 de março de 2013

TALITA ALMEIDA VENCE A COPA CENTENÁRIO DE XADREZ

 
Talita Medrado Almeida já estava ensaiando o seu retorno aos tabuleiros, chegou a participar do 1º TORNEIO POPULAR DE XADREZ DE MARABÁ em 2012, quando teve que abandonar a competição por um motivo de força maior. No seu retorno alcançou excelente resultado no Rubens Kossatz e o Título da Copa Centenário de Xadrez, chegou muito forte.
 
Envolvendo apenas a participação de enxadristas marabaenses, foi realizado no último 24/03 (domingo) a COPA CENTENÁRIO DE XADREZ, também denominada de IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ, evento comemorativo de 100 anos de emancipação política, com a participação de 17 enxadristas na Sede Social do CLUBE DOS SUBTENENTES E SARGENTOS (CSSM), organizado pelo Clube de Xadrez Marabá, Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama (Parauapebas) em parceria com a SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER (SEMEL).
 
Na Cerimônia de Premiação foram outorgadas a MEDALHA RUBENS KOSSATZ aos abnegados e grandes incentivadores do xadrez em Marabá e Região, ao Irmãos e Companheiros CARLOS ALESSANDER DA COSTA ALVES e ao TENENTE JÚLIO GUEDES, com os quais, compartilhamos nossa grande alegria em tão importante parceria.
 
 
A IX Taça Cidade de Marabá sofreu importantes alterações neste ano, começando pela nova denominação de Copa Centenário e outras modificações na forma de disputa de absoluto (apenas), para S14, S17 e Absoluto como também: no tempo de reflexão de 1 hora nocaute para apenas 15 minutos (visando atender exigências da Secretaria de Esportes) que, ainda mais, solicitou que todos os participantes fossem locais, ou seja, residentes em Marabá, determinando que o Campeão da COPA CENTENÁRIO DE XADREZ seja um marabaense.

Também alteramos as categorias e a forma de premiação. Foi acertado a premiação da seguinte forma:

Categorias Absoluto, Sub14 e Sub17 anos: 1º e 2º lugares - Troféus e do 3º ao 10º lugar - Medalhas.

 
Ainda assim, querendo que a IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ não perdesse o brilho da premiação, decidimos neste momento histórico, por outorgar medalhas do 1º ao 10º lugar nas três categorias participantes do certame. Claro que isto é para registrar na memória que mais uma vez promovemos nosso evento comemorativo.

No campo das disputas tivemos a presença de jogadores históricos do Clube de Xadrez, como Mecenas Magno da Cruz Sales (o Dr. Mecenas) e Talita Medrado Almeida que, por muitos anos foi a Rainha do Xadrez de Marabá, Eliud Lins e de novos jogadores como é o caso de: Marcos Santos, Raimundo Marcos e outros fortes.

 
E a nossa Rainha que já havia obtido uma boa classificação no 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ, pode enfim, depois de longo tempo afastada dos tabuleiros, demonstrar mais firmeza em suas estratégias. Agora o seu desempenho foi ainda melhor ao conseguir 5,0 pontos com 100% de aproveitamento, ao vencer: Mecenas Magno Sales, Raimundo Marcos, Marcos Santos, Ricardo Vinícius e Francisco Arnilson. Foi a CAMPEÃ INVICTA.
 
Mais informações nas tabelas abaixo:
 
 
 

segunda-feira, 25 de março de 2013

BRUCE KENNETH (PEBAS) VENCE O 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ

LUIZ GUILHERME (2º LUGAR), BRUCE KENNETH (1º LUGAR) E TALITA (3º LUGAR)


O enxadrista BRUCE KENNETH DOS SANTOS ARAÚJO foi o vencedor do 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ, realizado no dia 23/03 (sábado) a partir das 14:00 horas em 05 rodadas pelo Sistema Suíço com o tempo de 21 minutos de reflexão, nas dependências do Clube dos Subtenentes e Sargentos de Marabá, organizado pelo Clube de Xadrez Marabá e com total apoio do Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama de Parauapebas, através de seu Dirigente e Árbitro Regional CBX Carlos Alessander C. Alves.
 
Contando com a participação de jogadores do município de Parauapebas, distante 160 km de Marabá, a competição cumpriu satisfatoriamente com seus objetivos da promoção do enxadrismo e de homenagear o Mestre RUBENS CARLOS KOSSATZ, para que seu nome fique registrado na memória de todos, como FUNDADOR e grande abnegado do enxadrismo marabaense e regional.


 
Participaram do RUBENS KOSSATZ 14 enxadristas que jogaram 05 rodadas pelo Sistema Suíço com o tempo de 21 minutos, sobressaindo-se no cômputo geral, o bom desempenho dos jogadores Bruce Kenneth como Campeão e LUIZ GUILHERME SARAVIA SILVA como vice-campeão, ambos com 4,5 pontos em 5,0 disputados, definindo-se o campeão nos critérios técnicos de desempate.
 
A marabaense TALITA MEDRADO ALMEIDA fez bonito e representou muitíssimo bem o enxadrismo marabaense ao conseguir o 3º lugar da classificação geral com importantes vitórias frente a Stéfany Magalhães, Eliud Lins e Scott Kenner, totalizando 3,0 pontos em 5,0 possíveis. Porém, saiu-se derrotada diante do Campeão Bruce Kenneth e Israel Alencar. Embora afastada das competições, a jovem Talita sempre despontou com um bom nível técnico, herança do Mestre ANTONIO CARLOS SILVA ALMEIDA.
 
O militar residente em Marabá, RODRIGO FARIA DOS SANTOS apresentou um bom desempenho e conquistou o 4º lugar da classificação ao somar 3,0 pontos de 5,0 possíveis quando jogou e venceu aos seguintes adversários: Isis Chaves, Christian Loyolla e Eliud Lins e foi derrotado por Israel Alencar e pelo campeão Bruce Kenneth.
 
O 5º lugar ficou para o parauapebense ISRAEL ALENCAR DE ANDRADE que somou 3,0 pontos em 5,0 possíveis com as seguintes vitórias Rodrigo Santos, Talita Almeida e Isis Chaves e perdeu para Luiz Guilherme e Adenildo Lima.
 
O clima esteve favorável à competição e serviu como teste para uma nova praça enxadrística de Marabá. A estrutura do Clube do CSSM é completa, além do que, possui amplo espaço e excelente ventilação, mesas e cadeiras confortáveis, banheiros limpíssimos, internet, lanchonete, restaurante e um pessoal que apresentou uma excelente acolhida, desde a portaria à diretoria sob o comando do Tenente Júlio Guedes, um ser humano super amável e cortez. Aliás, percebe-se que além da enorme competência em administrar o quadro diretivo, acompanha de perto todos os detalhes com uma simpatia inigualável. O Sr. Guedes é sinônimo de sucesso aonde quer que vá.
 
A equipe organizadora do 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ foi composta pelo Sr. Francisco Arnilson de Assis, Lorrane de Jesus dos Santos e Carlos Alessander do Clube de Xadrez Marabá e Cavaleiros da Dama.
 
Veja os quadros do Swiss Manager em jpg:
 
 
 
 
 
 
 

 
Fim.

PALESTRA ENALTECEU OS BENEFÍCIOS DO XADREZ PRÁ VIDA


Aconteceu na manhã do dia 23/03 (sábado) nas dependências do Clube de Subtenentes e Sargentos de Marabá (CSSM) a Palestra “Xadrez pra Vida”, ministrada pelo palestrante Carlos Alessander Costa Alves, visando ampliar a visão sobre os benefícios desta prática esportiva para os seus praticantes.

A palestra foi super importante para conhecer as várias facetas que encantam milhões de praticantes em todo mundo. Começando pela compreensão do que seja o xadrez, aproveitando a sensacional e um pouco esquecida e empolgante definição de Melão Júnior:

" O xadrez não passa de um punhado de tocos de pau, dispostos sobre uma tábua quadriculada, situada entre duas criaturas incompreensivelmente absortas, que, dominadas por uma espécie de autismo, desperdiçam inutilmente seu tempo, olhando para este brinquedo sem graça, enquanto o mundo ao seu redor pode desmoronar sem que se apercebam disso. Esta é a interpretação do homem vulgar, insensível e apático; incapaz de enxergar as essências, homem que se conforma com uma visão superficial das coisas e se deixa seduzir pelas aparências de outras atividades menos belas e eloqüentes. Para o homem mediano, o xadrez é um mero acessório, útil tão somente porque contribui para desenvolver diferentes faculdades mentais, melhorando o desempenho escolar nas crianças, intensificando a acuidade mental nos adultos e preservando por mais tempo a agilidade mental nos idosos. Porém, para o homem espirituoso, criativo e empreendedor, o xadrez é uma das mais ricas fontes de prazer, um meio no qual se encontram elementos para representar as mais admiráveis concepções artísticas, um campo pelo qual a imaginação pode voar livremente, produzindo, com encantadora beleza, idéias deliciosamente sutis e originais. O xadrez é uma das raras e preciosas atividades em que o homem pode explorar ao fundo suas emoções, atingindo estados de prazer tão sublimes, tão ternos, tão intensos, que só podem ser igualados pelas sensações proporcionadas pelo amor e pela música".

 

A lenda mais divulgada sobre a origem do Jogo de Xadrez, também muito cultuada na obra de Malba Tahan “O Homem que calculava” foi apresentada lúdica em um tabuleiro de xadrez, contando passo a passo algumas jogadas sensacionais, com o advento do sacrifício da dama, que na alegoria seria o filho sacrificado no campo de batalha e após receber presente do jovem Lahur Sessa:

Como todos os soberanos, este também era muito curioso, e não aguentou para saber o que o jovem sábio lhe trouxera. O que Sessa trazia ao rei consistia num grande tabuleiro quadrado, dividido em sessenta e quatro quadradinhos, ou casas, iguais. Sobre esse tabuleiro colocavam-se, não arbitrariamente, duas coleções de peças que se distinguiam, uma da outra, pelas cores branca e preta, repetindo, porém, simetricamente, os engenhosos formatos e subordinados a curiosas regras que lhes permitiam movimentar-se por vários modos. Sessa explicou pacientemente ao rei, aos monarcas, vizires e cortesãos que rodeavam em que consistia o jogo, ensinando-lhes as regras essenciais. (...) Depois, dirigindo-se ao jovem brâmane, disse-lhe: – Quero recompensar-te, meu amigo, por este maravilhoso presente, que de tanto me serviu para o alívio de velhas angústias. Diz-me o que queres, qualquer das maiores riquezas, que te será dado.



Mas, a parte mais interessante e nova em palestras, foi a passagem dos fundamentos do xadrez para a vida prática. Notadamente o Palestrante utilizou de várias metáforas sobre os campos familiares, profissionais e da saúde corporal e mental, amplamente utilizados pelos enxadristas em seu cotidiano, todos sendo bem exemplificados.

A importante plateia acompanhou todo o transcorrer da palestra e pode interagir com perguntas e complementos. A empatia dos presentes serviu para aumentar o seu poder de compreensão de muitos aspectos fundamentais para a vida que estão presentes no jogo de Xadrez.

Registramos nossos sinceros parabéns ao palestrante que conseguiu manter o interesse e a interatividade dos presentes. Quanto aos participantes, todos foram unânimes em afirmarem a satisfação de conhecerem o quanto o xadrez é importante para a vida. Para ampliar as imagens abaixo, favor clicar duas vezes.

 


Sobre o Palestrante Carlos Alessander C. Alves:

Fundador do Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama que teve destacada atuação nos municípios de Parauapebas e Canaã dos Carajás. É Árbitro Regional (AR) da Confederação Brasileira de Xadrez postulante ao título de Árbitro Internacional (AI) da Federation Internationale Des Echecs. Dirigente da Aliança Carajás de Cultura, Esporte e Tecnologia. Presidente do Labirinto Cine Clube e Membro Emérito do Clube de Xadrez Marabá.

sexta-feira, 22 de março de 2013

IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ COM DUPLA PREMIAÇÃO

O CENTENÁRIO DE MARABÁ NAS LINDAS MEDALHAS DA IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ

A IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ que vai acontecer no próximo dia 24 de março, no CSSM a partir das 9:00 hs da manhã já está com a premiação assegurada. Mandamos confeccionar 30 medalhas personalizadas, comemorativas ao Centenário da cidade. A Taça Cidade de Marabá neste ano recebe dupla denominação, acrescentando como segundo nome: COPA CENTENÁRIO DE XADREZ e intrega a vasta programação comemorativa da Prefeitura de Marabá. 
 
O Clube de Xadrez Marabá visando ampliar o número de premiados ofertará aos participantes da IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ:10 medalhas para a Categoria Sub14 anos, 10 medalhas para o Sub17 e 10 medalhas para o Absoluto, ou seja, do 1º ao 10º lugar e será efeturada logo após o encerramento do certame. Diga-se de passagem, todas muito bonitas.
 
Enquanto a premiação promovida pela Secretaria de Esportes e Lazer (SEMEL), esta, será realizada em data oportuna sendo divulgadas posteriormente, a data, horário e local. Assim que tivermos a comunicação, informaremos neste blog.

Oportunamente registramos com muita simpatia e agradecimento, pelas postagens do Clube de Xadrez Marabá serem replicadas no sensacional: www.xadrezbrasileiro.com, que realiza um trabalho de altíssima relevância para todos os praticantes da Arte de Caíssa.

quinta-feira, 21 de março de 2013

TORNEIO RUBENS KOSSATZ: TROFÉUS E MEDALHAS PRONTAS


Seguindo uma lógica de presentear os muitos enxadrístas, com premiação personalizada e justa, acabamos de receber os troféus e medalhas do 3º TORNEIO DE XADREZ RUBENS KOSSATZ.
 
O Torneio Rubens Kossatz acontecerá no próximo 23/03 (sábado) a partir das 13:30 horas no CSSM e é aberto a todos os enxadristas, independente de faixa etária. Além da premiação em espécie aos dois melhores colocados, os mesmos receberão os respectivos troféus. Acreditamos que dessa forma deixamos satisfeitíssimos os participantes e o grande homenageado o Sr. Rubens Kossatz.
 
Com relação ao personagem que nomeia a competição, digno de grandes honrarias, foi cogitada a vinda do mesmo à nossa Cidade, compraríamos as passagens parceladas mas, infelizmente, existe uma preocupação com relação à saúde do Mestre Rubens Kossatz, ficando impossibilitado de estar presente ao certame.
 
A organização do certame encomendou os troféus e medalhas personalizadas e ambas ficaram de muito bom gosto. A arte e a inserção de imagens do Rubens com um tabuleiro de xadrez ao fundo e a menção do momento histórico do Centenário de Marabá compôem graciosamente as premiações.

Antecipadamente agradecemos ao Tenente Júlio Guedes por acreditar no Clube de Xadrez.

segunda-feira, 18 de março de 2013

COPA CENTENÁRIO PREMIARÁ O SUB14, S17 E ABS - 24 DE MARÇO

 
A quase uma década prestamos nossa homenagem, com a realizaçao da Taça Cidade de Marabá, comemorando o aniversário de nossa querida Cidade. Ao longo de quase um quarto de século presenteamos a sociedade local com nosso trabalho voluntário. Neste ano mais um evento, a IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ entra na programação oficial recebendo o nome de COPA CENTENÁRIO DE XADREZ.
 
A Copa Centenário acontecerá no Clube de Subtenentes e Sargentos de Marabá (CSSM) no dia 24 de março a partir das 9:00 horas da manhã, podendo participar de uma competição geral envolvendo as categorias Sub-14, Sub-17 anos e Absoluto.


Ao final da competição, ainda no CSSM todos receberão a premiação por categoria do Clube de Xadrez no CSSM. Abaixo segue o regulamento oficial:


COPA CENTENÁRIO DE XADREZ
IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ

REGULAMENTO GERAL

 

Art. 1º. A IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ é uma competição oficial do Clube de Xadrez Marabá visando apontar os melhores enxadristas na modalidade xadrez rápido, valendo uma vaga ao CAMPEONATO MARABAENSE ABSOLUTO DE 2013.
§ Único: A IX Taça Cidade de Marabá passa a usar a segunda denominação: COPA CENTENÁRIO DE XADREZ.

Art. 2º. A COPA CENTENÁRIO DE XADREZ (IX Taça Cidade de Marabá) será promovida em parceria com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e com o Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama, do município de Parauapebas, é parte integrante do Calendário Oficial em comemoração aos 100 anos de emancipação política da Cidade de Marabá.
Art. 3º. A COPA CENTENÁRIO DE XADREZ será realizada a partir das 9:00 horas da manhã do dia 24 de março de 2013 nas dependências do CLUBE DE SUBTENENTES E SARGENTOS (CSSM), na Vila Militar Presidente Castelo Branco, no Núcleo Urbano da Nova Marabá.

Art. 4º. A competição será aberta à participação a quaisquer interessados, filiados ou não, desde que sejam residentes na Cidade de Marabá abrangendo as seguintes categorias:
a)    Categoria Absoluto - para jogadores nascidos até 31 de dezembro de 1995;
b)    Categoria Sub 17 anos - formada por jogadores nascidos entre 1º de janeiro de 1996 e 31 de dezembro de 1998.
c)     Categoria Sub 14 anos - formada por jogadores nascidos até 31 de dezembro de 1999;

§ Único: Poderão participar jogadores de ambos os sexos.

Art. 5º. Inscrições estarão abertas até o dia 24 de março.
Art. 6º. As inscrições serão confirmadas mediante o pagamento de taxa no valor de R$ 5,00 (cinco reais).

Art. 7º. A COPA CENTENÁRIO será realizada pelo Sistema Suíço em 05 rodadas e de acordo com as regras da Federação Internacional de Xadrez com o tempo de reflexão de 15 minutos sem a obrigatoriedade de anotação dos lances em planilhas.
a)    O atleta que chegar com atraso de 15 (quinze) minutos, injustificadamente, será declarado perdedor da partida;
b)    O atleta retardatário poderá jogar, desde que a seta do seu relógio ainda não tenha caído;
c)     Será terminantemente proibido o uso de qualquer aparelho eletrônico, celular e etc, que possa influenciar no andamento do jogo.

§ Único: Todos os atletas jogarão no modo absoluto sem a separação por categoria.

Art. 8º. Será declarado o campeão geral da competição o atleta que fizer o maior número de pontos ordinários dentro de sua categoria. Com base na classificação geral os organizadores apontarão os melhores colocados em suas respectivas categorias, servindo como fundamento para a premiação final, não podendo haver acumulação de prêmios, conforme abaixo:
a)    Premiação pelo Clube de Xadrez Marabá, entregue logo após o encerramento do torneio:
Categoria Absoluto:            Categoria Sub 14 anos:       Categoria Sub 17 anos:
1º ao 10º - Medalhas;        1º ao 10º - Medalhas;        1º ao 10º lugar - Medalhas;

 
b)    Premiação pela Prefeitura Municipal no dia 07 de abril:
Cat. Absoluto:                   Cat. Sub 14 anos:               Cat. Sub 17 anos:
1º e 2º - Troféus;              1º e 2º - Troféus;               1º e 2º - Troféus;
3º ao 10º Medalhas         3º ao 10º lugar Medalhas  3º ao 10º lugar Medalhas.

 
Art. 9º. Para desempatar atletas com mesma pontuação, serão adotados os seguintes critérios:
a)    Buchholz,
b)    Milésimos Medianos;
c)     Progress,
d)    Confronto Direto,
e)    Maior número de vitórias.

Art. 10º. A COPA CENTENÁRIO obedecerá a seguinte programação:
24.03.2013 (Domingo):
09h00 - Inscrições
09h20 - Congresso Técnico
09h30 - 1ª Rodada;
10h00 - 2ª Rodada;
10h30 - 3º Rodada;
11h00 - 4º Rodada;
11h30 - 5º Rodada.

Art. 11º. O Comitê de Apelação e Disciplinar será constituído durante o Congresso Técnico, composto pelo Diretor do Torneio e mais 2 membros efetivos e, dois atletas suplentes, abstendo-se de decidirem àqueles que tenham envolvimento direto na causa, sendo substituídos pelos respectivos suplentes. Quem desejar recorrer de uma decisão de arbitragem deve apelar a este Comitê, por escrito logo após o término da rodada em que se verificou o fato, entregando o recurso ao Diretor do Torneio (ou a um integrante do comitê na ausência do Diretor), juntando a importância de R$ 100,00 (cem reais), que será devolvida caso o recurso seja deferido. A decisão do Comitê de Apelação e Disciplinar será final e a ela não cabe mais qualquer recurso.
Art. 12º. Os casos omissos, nesse regulamento, serão resolvidos pela comissão de árbitros, que será suprema em suas decisões.

Marabá, PA, 24 de março de 2013

3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ NO SÁBADO 23 DE MARÇO


Realizamos com muita satisfação o 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ, justa e merecida homenagem ao valoroso pioneiro, entusiasta e primeiro Presidente do Clube de Xadrez Marabá que, recentemente postamos uma sensacional entrevista (http://www.cxmaraba.blogspot.com.br/2013/03/especial-entrevista-com-rubens-kossatz.html), revelando um passado glorioso, especialmente, pela informação prestada, de sermos o Clube pioneiro na Amazônia e, como também, de termos realizado o primeiro torneio de xadrez desta região.
 
O PIONEIRO RUBENS KOSSATZ
 
A programação do dia 23 de março terá início com a realização da Palestra: Xadrez para a Vida com o renomado Árbitro da CBX Carlos Alessander, do município de Parauapebas abordando diversos benefícios em todos os segmentos, favorecendo o praticante em toda a sua vida. A palestra acontecerá a partir das 10 horas no Clube dos Subtenentes e Sargentos de Marabá (CSSM), gratuíta a todos interessados em conhecer mais e se envolver em uma atividade extremamente benéfica.
 
No mesmo dia, a partir das 13:30 horas teremos o momento de fazer as inscrições e logo em seguida a realização do Congresso Técnico e o torneio, sob o comando do AR Carlos Alessander.
 
Será cobrada uma taxa no valor de R$ 10,00. Sendo a competição aberta aos jogadores de todas as idades. Em breve postaremos imagens da premiação desta competição.
 
 
Vejam o regulamento:


REGULAMENTO GERAL

Art. 1º. O 3º TORNEIO RUBENS CARLOS KOSSATZ é uma competição oficial do Clube de Xadrez Marabá e tem a finalidade de prestar homenagem ao primeiro Presidente oficial com o nome do torneio, apontar os melhores enxadristas na modalidade xadrez rápido e selecionar 01 enxadrista à disputa do Campeonato Marabaense Absoluto, bem como a movimentação de rating.
Art. 2º. O 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ será realizado no dia 23 de março do ano de 2013 nas dependências do Clube dos Subtenentes e Sargentos de Marabá (CSSM), na Nova Marabá.
Art. 3º. Poderão participar quaisquer interessados filiados ou não, de quaisquer cidades do Brasil. O limite de participantes será de 30 enxadristas.
Art. 4º. As inscrições poderão ser efetuadas no local dos jogos, das 13:30 às 14:00 horas.
 
Art. 5º. As inscrições serão efetuadas mediante o pagamento de taxa única no valor de R$ 10,00 (dez reais).
 
Art. 6º. Será adotado o Sistema Suíço de emparceiramento em 05 rodadas de 21 minutos nocaute para cada jogador, de acordo com as regras da Federação Internacional de Xadrez.
Art. 7º. Para desempatar jogadores com as mesmas pontuações serão adotados os seguintes critérios:  a) buchholz; b) milésimos medianos; c) progress e; d) maior número de vitórias com as peças negras.
Art. 8º. O 2º Torneio Rubens Kossatz terá a seguinte programação:
Inscrições                                          13h30
Congresso Técnico                          13h40
1ª Rodada                                          14h00
2ª Rodada                                          14h40
Intervalo                                            15h20
3ª Rodada                                          15h30
4ª Rodada                                          16h10
5ª Rodada                                          16h50
Encerramento                                  17h30

 
Art. 9º. A inscrição nesta competição implica plena aceitação deste regulamento. Os casos omissos serão julgados pelo árbitro geral.
 
Art. 10º. Antes do início do torneio será escolhido o Comitê de Apelação constituído por 01 diretor geral e 02 enxadristas titulares de 02 suplentes, com a finalidade de julgar algum recurso interposto pelo participante, de decisão da arbitragem. O reclamante deverá fazer sua reclamação por escrito logo após o encerramento de sua partida, comunicando de imediato ao árbitro geral para que haja tempo de elaboração do seu recurso, devendo depositar junto ao diretor geral a importância supra de R$ 100,00 (cem reais), que será devolvida caso o recurso seja deferido, sendo a decisão final e não cabendo mais qualquer outro recurso.

 
§ Único: O titular do Comitê de Apelação será substituído caso seja parte interessada na reclamação

 
Art. 11º. O Torneio ofertará a seguinte premiação:
a)      Campeão                   - R$ 100,00 + Troféu + Vaga no Marabaense Absoluto;
b)      Vice-Campeão          - R$   50,00 + Troféu;
c)       3º ao 10º lugar        - Medalha.
 

Marabá-PA 23 de março de 2013

Sobre a entrevista especial com o querido RUBENS KOSSATZ, um presente para Marabá, registramos que está sendo uma das postagens mais vistas dos últimos dias, até a data de hoje já apresentou mais de 50 visitas. Enfim, uma entrevista importante que traz a tona momentos importantes da fundação do CLUBE DE XADREZ. Parabéns Marabá!!!