sexta-feira, 29 de março de 2013

XADREZ NA CASA DAS ARTES EM PARAUAPEBAS

 
 
Notícia boa que vem de Parauapebas, dá conta que neste 29/03 (sexta-feira) teremos Xadrez na Casa das Artes a partir das 19h30. Que bom, será na Rua A n.º 306. A Casa tem uma proposta muito positiva, principalmente, considerando o potencial de seu projeto cultural, de desporto e tecnologia, assegurados pela vasta experiência de expoentes como o Cláudio Luz, Carlos Alessander e outros entusiastas. Aliás, devemos considerar a importância desse olhar para o Xadrez.
 
Avaliando a PALESTRA: XADREZ PRÁ VIDA, proferida por Carlos Alessander no dia 23/03 em Marabá, imaginamos que este trabalho deve ser apresentado também, essa e outas palestras visando amparar crianças, jovens e adolescentes para uma prática salutar e educativa capaz de melhorar profundamente o funcionamento cerebral.
 
Lembro-me da genialidade e capacidade criativa, artística, do Cláudio Luz. Um artista altamente produtivo que terá, ainda, muito mais, seu trabalho projetado para o crescimento e surgimento de talentos. Sabemos que estes dois companheiros sempre abre caminhos positivos de promoção do ser humano.
 
Também acredito, imagino, que vá acontecer neste espaço de Artes, o trabalho do Labirinto Cine Clube, que tanto tem atraído a atenção da juventude parauapebense. Se existe esta experiência e esse trabalho já promovido em outros anos, a Casa deve ser um espaço fundamental para a concentração desta base já construído.
 
 
Decidi colocar uma imagem que me chamou a atenção quando o Carlos Alessander proferia a palestra, cuja camiseta anunciava a Casa das Artes. O xadrez encontra excelente hospedagem. Boa sorte.
 
Não percam:
XADREZ INTERAÇÃO NO CSSM neste 31/03/2013 (domingo)
A partir das 09:00 horas - Grátis.

quinta-feira, 28 de março de 2013

INTERAÇÃO NO CSSM - VAMOS LÁ?

CORREIO DO TOCANTINS
SOBRE A COPA CENTENÁRIO
O Clube de Xadrez Marabá está tentando habituar os enxadristas locais, quanto a prática e ao treinamento. Algumas pessoas até ligar querendo jogar e conhecer quem são os praticantes locais e, faltava um local para este Encontro.
 
O CSSM tem sido um excelente local para os eventos do CX Marabá, oportunidade que aproveitamos para promover nossos Encontros de Interação, evento também chamado de "Peladas", por promover partidas amistosas e de estudo.
 
No próximo domingo de Feriado (30/03) estaremos novamente e esperamos encontrar um bom número de presentes. Queremos acender a chama daqueles que jogam e não disputam competições, simplesmente pelo medo de ficar mal posicionado na Classificação Final, sempre com a velha alegação: "Ah! Faz tempo que eu não pratico e também não treinei".
 
Esperamos que muitos possam despertar o sentimento da ação, de participar, de aproveitar as oportunidades e valorizar o trabalho do Clube de Xadrez Marabá pois, atualmente, temos encontrado um público reduzido de marabaenses em nossas competições. E ainda, por esta razão ainda não divulgamos nosso Calendário de 2013, por dificuldades de reunir um Grupo de Trabalho comprometido com nosso planejamento. O Calendário até que foi aprovado em reunião mas, foi decidido que era melhor buscar uma estratégia de apoio.
 
Mesmo com a mudança de governo, com novo prefeito, novos secretários e novos vereadores ainda não conseguimos, por várias razões, definir parcerias. Talvez ainda seja muito cedo.
 
Por fim, convidamos todos os amantes e simpatizantes do Xadrez para o nosso Domingo de Interação no CSSM, que tem início às 9:00 horas e encerramento às 12:00. Maiores Informações: 8166-1616.

quarta-feira, 27 de março de 2013

TALITA ALMEIDA VENCE A COPA CENTENÁRIO DE XADREZ

 
Talita Medrado Almeida já estava ensaiando o seu retorno aos tabuleiros, chegou a participar do 1º TORNEIO POPULAR DE XADREZ DE MARABÁ em 2012, quando teve que abandonar a competição por um motivo de força maior. No seu retorno alcançou excelente resultado no Rubens Kossatz e o Título da Copa Centenário de Xadrez, chegou muito forte.
 
Envolvendo apenas a participação de enxadristas marabaenses, foi realizado no último 24/03 (domingo) a COPA CENTENÁRIO DE XADREZ, também denominada de IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ, evento comemorativo de 100 anos de emancipação política, com a participação de 17 enxadristas na Sede Social do CLUBE DOS SUBTENENTES E SARGENTOS (CSSM), organizado pelo Clube de Xadrez Marabá, Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama (Parauapebas) em parceria com a SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER (SEMEL).
 
Na Cerimônia de Premiação foram outorgadas a MEDALHA RUBENS KOSSATZ aos abnegados e grandes incentivadores do xadrez em Marabá e Região, ao Irmãos e Companheiros CARLOS ALESSANDER DA COSTA ALVES e ao TENENTE JÚLIO GUEDES, com os quais, compartilhamos nossa grande alegria em tão importante parceria.
 
 
A IX Taça Cidade de Marabá sofreu importantes alterações neste ano, começando pela nova denominação de Copa Centenário e outras modificações na forma de disputa de absoluto (apenas), para S14, S17 e Absoluto como também: no tempo de reflexão de 1 hora nocaute para apenas 15 minutos (visando atender exigências da Secretaria de Esportes) que, ainda mais, solicitou que todos os participantes fossem locais, ou seja, residentes em Marabá, determinando que o Campeão da COPA CENTENÁRIO DE XADREZ seja um marabaense.

Também alteramos as categorias e a forma de premiação. Foi acertado a premiação da seguinte forma:

Categorias Absoluto, Sub14 e Sub17 anos: 1º e 2º lugares - Troféus e do 3º ao 10º lugar - Medalhas.

 
Ainda assim, querendo que a IX TAÇA CIDADE DE MARABÁ não perdesse o brilho da premiação, decidimos neste momento histórico, por outorgar medalhas do 1º ao 10º lugar nas três categorias participantes do certame. Claro que isto é para registrar na memória que mais uma vez promovemos nosso evento comemorativo.

No campo das disputas tivemos a presença de jogadores históricos do Clube de Xadrez, como Mecenas Magno da Cruz Sales (o Dr. Mecenas) e Talita Medrado Almeida que, por muitos anos foi a Rainha do Xadrez de Marabá, Eliud Lins e de novos jogadores como é o caso de: Marcos Santos, Raimundo Marcos e outros fortes.

 
E a nossa Rainha que já havia obtido uma boa classificação no 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ, pode enfim, depois de longo tempo afastada dos tabuleiros, demonstrar mais firmeza em suas estratégias. Agora o seu desempenho foi ainda melhor ao conseguir 5,0 pontos com 100% de aproveitamento, ao vencer: Mecenas Magno Sales, Raimundo Marcos, Marcos Santos, Ricardo Vinícius e Francisco Arnilson. Foi a CAMPEÃ INVICTA.
 
Mais informações nas tabelas abaixo:
 
 
 

segunda-feira, 25 de março de 2013

BRUCE KENNETH (PEBAS) VENCE O 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ

LUIZ GUILHERME (2º LUGAR), BRUCE KENNETH (1º LUGAR) E TALITA (3º LUGAR)


O enxadrista BRUCE KENNETH DOS SANTOS ARAÚJO foi o vencedor do 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ, realizado no dia 23/03 (sábado) a partir das 14:00 horas em 05 rodadas pelo Sistema Suíço com o tempo de 21 minutos de reflexão, nas dependências do Clube dos Subtenentes e Sargentos de Marabá, organizado pelo Clube de Xadrez Marabá e com total apoio do Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama de Parauapebas, através de seu Dirigente e Árbitro Regional CBX Carlos Alessander C. Alves.
 
Contando com a participação de jogadores do município de Parauapebas, distante 160 km de Marabá, a competição cumpriu satisfatoriamente com seus objetivos da promoção do enxadrismo e de homenagear o Mestre RUBENS CARLOS KOSSATZ, para que seu nome fique registrado na memória de todos, como FUNDADOR e grande abnegado do enxadrismo marabaense e regional.


 
Participaram do RUBENS KOSSATZ 14 enxadristas que jogaram 05 rodadas pelo Sistema Suíço com o tempo de 21 minutos, sobressaindo-se no cômputo geral, o bom desempenho dos jogadores Bruce Kenneth como Campeão e LUIZ GUILHERME SARAVIA SILVA como vice-campeão, ambos com 4,5 pontos em 5,0 disputados, definindo-se o campeão nos critérios técnicos de desempate.
 
A marabaense TALITA MEDRADO ALMEIDA fez bonito e representou muitíssimo bem o enxadrismo marabaense ao conseguir o 3º lugar da classificação geral com importantes vitórias frente a Stéfany Magalhães, Eliud Lins e Scott Kenner, totalizando 3,0 pontos em 5,0 possíveis. Porém, saiu-se derrotada diante do Campeão Bruce Kenneth e Israel Alencar. Embora afastada das competições, a jovem Talita sempre despontou com um bom nível técnico, herança do Mestre ANTONIO CARLOS SILVA ALMEIDA.
 
O militar residente em Marabá, RODRIGO FARIA DOS SANTOS apresentou um bom desempenho e conquistou o 4º lugar da classificação ao somar 3,0 pontos de 5,0 possíveis quando jogou e venceu aos seguintes adversários: Isis Chaves, Christian Loyolla e Eliud Lins e foi derrotado por Israel Alencar e pelo campeão Bruce Kenneth.
 
O 5º lugar ficou para o parauapebense ISRAEL ALENCAR DE ANDRADE que somou 3,0 pontos em 5,0 possíveis com as seguintes vitórias Rodrigo Santos, Talita Almeida e Isis Chaves e perdeu para Luiz Guilherme e Adenildo Lima.
 
O clima esteve favorável à competição e serviu como teste para uma nova praça enxadrística de Marabá. A estrutura do Clube do CSSM é completa, além do que, possui amplo espaço e excelente ventilação, mesas e cadeiras confortáveis, banheiros limpíssimos, internet, lanchonete, restaurante e um pessoal que apresentou uma excelente acolhida, desde a portaria à diretoria sob o comando do Tenente Júlio Guedes, um ser humano super amável e cortez. Aliás, percebe-se que além da enorme competência em administrar o quadro diretivo, acompanha de perto todos os detalhes com uma simpatia inigualável. O Sr. Guedes é sinônimo de sucesso aonde quer que vá.
 
A equipe organizadora do 3º TORNEIO RUBENS KOSSATZ foi composta pelo Sr. Francisco Arnilson de Assis, Lorrane de Jesus dos Santos e Carlos Alessander do Clube de Xadrez Marabá e Cavaleiros da Dama.
 
Veja os quadros do Swiss Manager em jpg:
 
 
 
 
 
 
 

 
Fim.

PALESTRA ENALTECEU OS BENEFÍCIOS DO XADREZ PRÁ VIDA


Aconteceu na manhã do dia 23/03 (sábado) nas dependências do Clube de Subtenentes e Sargentos de Marabá (CSSM) a Palestra “Xadrez pra Vida”, ministrada pelo palestrante Carlos Alessander Costa Alves, visando ampliar a visão sobre os benefícios desta prática esportiva para os seus praticantes.

A palestra foi super importante para conhecer as várias facetas que encantam milhões de praticantes em todo mundo. Começando pela compreensão do que seja o xadrez, aproveitando a sensacional e um pouco esquecida e empolgante definição de Melão Júnior:

" O xadrez não passa de um punhado de tocos de pau, dispostos sobre uma tábua quadriculada, situada entre duas criaturas incompreensivelmente absortas, que, dominadas por uma espécie de autismo, desperdiçam inutilmente seu tempo, olhando para este brinquedo sem graça, enquanto o mundo ao seu redor pode desmoronar sem que se apercebam disso. Esta é a interpretação do homem vulgar, insensível e apático; incapaz de enxergar as essências, homem que se conforma com uma visão superficial das coisas e se deixa seduzir pelas aparências de outras atividades menos belas e eloqüentes. Para o homem mediano, o xadrez é um mero acessório, útil tão somente porque contribui para desenvolver diferentes faculdades mentais, melhorando o desempenho escolar nas crianças, intensificando a acuidade mental nos adultos e preservando por mais tempo a agilidade mental nos idosos. Porém, para o homem espirituoso, criativo e empreendedor, o xadrez é uma das mais ricas fontes de prazer, um meio no qual se encontram elementos para representar as mais admiráveis concepções artísticas, um campo pelo qual a imaginação pode voar livremente, produzindo, com encantadora beleza, idéias deliciosamente sutis e originais. O xadrez é uma das raras e preciosas atividades em que o homem pode explorar ao fundo suas emoções, atingindo estados de prazer tão sublimes, tão ternos, tão intensos, que só podem ser igualados pelas sensações proporcionadas pelo amor e pela música".

 

A lenda mais divulgada sobre a origem do Jogo de Xadrez, também muito cultuada na obra de Malba Tahan “O Homem que calculava” foi apresentada lúdica em um tabuleiro de xadrez, contando passo a passo algumas jogadas sensacionais, com o advento do sacrifício da dama, que na alegoria seria o filho sacrificado no campo de batalha e após receber presente do jovem Lahur Sessa:

Como todos os soberanos, este também era muito curioso, e não aguentou para saber o que o jovem sábio lhe trouxera. O que Sessa trazia ao rei consistia num grande tabuleiro quadrado, dividido em sessenta e quatro quadradinhos, ou casas, iguais. Sobre esse tabuleiro colocavam-se, não arbitrariamente, duas coleções de peças que se distinguiam, uma da outra, pelas cores branca e preta, repetindo, porém, simetricamente, os engenhosos formatos e subordinados a curiosas regras que lhes permitiam movimentar-se por vários modos. Sessa explicou pacientemente ao rei, aos monarcas, vizires e cortesãos que rodeavam em que consistia o jogo, ensinando-lhes as regras essenciais. (...) Depois, dirigindo-se ao jovem brâmane, disse-lhe: – Quero recompensar-te, meu amigo, por este maravilhoso presente, que de tanto me serviu para o alívio de velhas angústias. Diz-me o que queres, qualquer das maiores riquezas, que te será dado.



Mas, a parte mais interessante e nova em palestras, foi a passagem dos fundamentos do xadrez para a vida prática. Notadamente o Palestrante utilizou de várias metáforas sobre os campos familiares, profissionais e da saúde corporal e mental, amplamente utilizados pelos enxadristas em seu cotidiano, todos sendo bem exemplificados.

A importante plateia acompanhou todo o transcorrer da palestra e pode interagir com perguntas e complementos. A empatia dos presentes serviu para aumentar o seu poder de compreensão de muitos aspectos fundamentais para a vida que estão presentes no jogo de Xadrez.

Registramos nossos sinceros parabéns ao palestrante que conseguiu manter o interesse e a interatividade dos presentes. Quanto aos participantes, todos foram unânimes em afirmarem a satisfação de conhecerem o quanto o xadrez é importante para a vida. Para ampliar as imagens abaixo, favor clicar duas vezes.

 


Sobre o Palestrante Carlos Alessander C. Alves:

Fundador do Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama que teve destacada atuação nos municípios de Parauapebas e Canaã dos Carajás. É Árbitro Regional (AR) da Confederação Brasileira de Xadrez postulante ao título de Árbitro Internacional (AI) da Federation Internationale Des Echecs. Dirigente da Aliança Carajás de Cultura, Esporte e Tecnologia. Presidente do Labirinto Cine Clube e Membro Emérito do Clube de Xadrez Marabá.