quinta-feira, 22 de novembro de 2012

REGULAMENTO DO TORNEIO POPULAR DE MARABÁ

 

Art. 1º. O 1º TORNEIO POPULAR DE MARABÁ DE XADREZ é uma competição oficial do Clube de Xadrez Marabá em parceria com o Clube de Xadrez Cavaleiros da Dama, visando apontar os melhores enxadristas na modalidade xadrez rápido, valendo rating CBX. 
 
Art. 2º. O 1º TORNEIO POPULAR DE MARABÁ será realizado no dia 25 de novembro de 2012 na Escola Estadual Plínio Pinheiro, situada na Trav. Getúlio Vargas, 274 – Centro.
 
Art. 3º. A competição será aberta à participação a quaisquer interessados, filiados ou não, de quaisquer cidades do Brasil, desde que efetuem as suas inscrições em tempo hábil, mesmo os àqueles que não possuem anuidade CBX.
 
Art. 4º. Inscrições serão efetuadas no local dos jogos a partir das 13:00 horas, no valor de R$ 5,00 (cinco reais), que servirá para oficialização dos resultados individuais junto à Confederação Brasileira de Xadrez.
 
Art. 5º. O Torneio será promovido pelo Sistema Suíço em 05 rodadas com o tempo 20 minutos nocaute.
 
Art. 6º. Para desempatar jogadores com as mesmas pontuações serão adotados os seguintes critérios:
1) Buchholz Medianos (Milésimos Medianos);
2) Buchholz Total (Milésimos Totais);
3) Sonneborn-Berger;
4) Maioria Negras;
5) Playoff.
 
Art. 7º. Rating: o torneio é válido para cálculo de rating rápido da CBX.
 
Art. 8º. Todos os participantes deverão ter disponíveis durante as rodadas, jogos de peças e relógio (em perfeito estado de funcionamento), ambos em padrão oficial. Se uma partida não puder ser realizada por falta de material, o resultado será de (- x - ) ou seja, WO para ambos os jogadores.
 
Art. 9º. O Comitê de Apelação e Disciplinar será constituído durante o Congresso Técnico, composto pelo Diretor do Torneio e mais 2 membros efetivos enxadristas participantes e 2 membros suplentes. Quem desejar recorrer de uma decisão de arbitragem deve apelar a este Comitê, por escrito, em um prazo máximo de 5 minutos após o término da rodada em que se verificou o fato, entregando o recurso ao Diretor do Torneio (ou a um integrante do comitê na ausência do Diretor), juntando a importância de R$ 100,00 (cem reais), que será devolvida caso o recurso seja deferido. A decisão do Comitê de Apelação e Disciplinar será final e a ela não cabe mais qualquer recurso.
 
Art. 10º. A competição seguirá a seguinte programação:
Dia 25/11/2012 – Domingo   
13:00 – Abertura e Congresso técnico
14:00 – 1ª rodada
15:00 – 2ª rodada
16:00 – 3ª rodada
17:00 – 4ª rodada
18:00 – 5ª rodada
18:45 – Solenidade de Premiação
 
Art. 11º. O Clube de Xadrez Marabá premiará os jogadores da competição conforme abaixo:
1º Lugar - Troféu;
2º Lugar - Troféu;
3º Lugar – Medalha;
4º Lugar – Medalha;
5º Lugar – Medalha.
 
Art. 12º. A inscrição neste torneio implica plena aceitação deste regulamento.
 
Art. 13º. O Torneio Popular de Marabá é uma promoção da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), promovido pelo Clube de Xadrez Marabá e sob a organização da Associação Cultural e Esportiva Cavaleiros da Dama, sob a coordenação geral de Francisco Arnilson de Assis, com arbitragem geral de Carlos Alessander Costa Alves – CBX ID 137.
 
Art. 13º. Os casos omissos, nesse regulamento, serão resolvidos pela comissão de árbitros, que será suprema em suas decisões.
 
Marabá, PA, 25 de novembro de 2012.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

TORNEIO POPULAR DE MARABÁ VALERÁ RATING CBX E FIDE

 
Acontecerá neste final de semana, no dia 25 de novembro o Torneio Popular de Marabá de Xadrez, com uma grande novidade, valerá rating CBX e FIDE e acontecerá na Escola Estadual Plínio Pinheiro, Centro, a partir das 13:30 horas, com arbitragem do AR Carlos Alessander Costa Alves (CBX ID 137).
 
A competição oferecerá troféus para os 1º e 2º lugares e medalhas para o 4º, 5º e 6º lugares e cobrará uma inscrição simbólica no valor de R$ 5,00 (cinco reais), visando custear a homologação dos jogadores perante a Confederação Brasileira de Xadrez (CBX).
 
Outra novidade: poderão participar jogadores, mesmo sem estar quite com a anuidade CBX. Aliás, pode participar, inclusive, jogadores sem inscrição junto à nossa entidade máxima.
 
Esperamos um bom número de participantes. Até o momento temos recebido ligações de novos jogadores. Acreditamos que nossos amantes do enxadrismo não perca esta excelente oportunidade. As inscrições serão realizadas a partir das 13:30 horas no local de jogos.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

JACKELINE IASMIN VENCE OLIMPÍADAS DA ESCOLA ANÍSIO TEIXEIRA


Neste 19 de novembro quando se comemora o Dia Internacional do Enxadrismo, no dia de nascimento de José Raúl Capablanca, o único hispano-americano Campeão Mundial de Xadrez, tivemos a data lembrada pela Rádio Itacaiúnas AM e TV SBT Eldorado com a gravação de matérias jornalísticas, com reportagem de Maria Alexandra, também tivemos a alegria de organizar o Xadrez das Olimpíadas da Escola Anísio Teixeira (OLIAT) por equipes.

Os jogos foram realizados na Escola Anísio Teixeira a partir das 16h00 sob a coordenação da Professora Cinthya Tenório e organização do Clube de Xadrez Marabá por intermédio do Árbitro Francisco Arnilson de Assis.

Os jogos foram realizados por equipes, cada uma sendo representada por dois atletas, conforme abaixo:




A tabela de jogos foi fornecida pela Professora Cinthya para ser aplicada em toda a competição. No xadrez existe uma preocupação para que cada jogador não tenha que jogar três vezes seguidas, com peças da mesma cor. Aceita-se até duas partidas, mas, na terceira obrigatoriamente deverá jogar com cor diferente. Assim, foi feita uma alteração na disputa do terceiro lugar, quando, estava programada o perdedor do jogo 05 de brancas jogaria com o perdedor do jogo 06 de pretas e, foi feita a inversão, ficando assim: o perdedor do jogo 06 (brancas) versus o perdedor do jogo 05 (pretas).
 
 

A grande campeã Jackeline Iasmin S. Aguirre é uma estrela, destaque do enxadrismo marabaense. Nós temos um olhar na sua técnica e vemos que está bem acima de outras jogadoras da mesma faixa etária. E, nas Olimpíadas da Escola Anísio Teixeira jogou com maestria. Prevaleceu a lógica da melhor jogadora. Com justiça recebeu a medalha de Ouro.
 
A vice campeã Letícia Carvalho jogou muito bem, muita técnica e algumas dificuldades decorrentes de longo tempo sem jogar. No entanto, perdeu apenas para a campeã Iasmin, ficando com a medalha de Prata.
 
O terceiro colocado Gabriel Guedes foi uma boa surpresa. Na disputa venceu o enxadrista Patricia Fraga. Merecidamente ficou com a medalha de Bronze. Veja a classificação individual e por equipe:
 
 


Veja o quadro de fotos das Olimpíadas da Escola Anísio Teixeira:

E não esqueçam, no próximo 25/11 (domingo) teremos o TORNEIO POPULAR DE MARABÁ na Escola Plínio Pinheiro, a partir das 14h00. Informações: 8166-1616

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

LABIRINTO ENCERRA COM SUCESSO IV FESTIVAL DE CINEMA

Do blog do Waldyr nosso irmão de coração: http://blogdowaldyr.blogspot.com.br/2012/11/encerra-neste-sabado-o-iv-festival-de.html

sábado, 17 de novembro de 2012

Encerra neste sábado o IV Festival de Cinema de Parauapebas

Fotos: Waldyr Silva
 

Victor Lopes
 
Iniciada no último dia 5, encerra na noite deste sábado (17), no Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC), em Parauapebas, a programação do Curta Carajás – 4º Festival de Cinema de Parauapebas.

Diferente das três versões anteriores, o Curta Carajás deste ano, um projeto que vem sendo realizado pelo Labirinto Cinema Clube, contou com uma ampla programação, dividida em mostras de filmes curtas-metragens recebidos de várias partes do país; mostra Labirinto e mostra Jorane Castro; oficina vídeo e cinema digital – do zero ao curta, com Mago Effects; curso de direção, com Victor Lopes; e pré-jornada paraense de cineclubes – seminário cinema e educação.

Na versão deste ano, os organizadores do evento homenageiam a cineasta paraense Jorane Castro, formada em Cinema pela Universidade de Paris VIII (França), mestrada em Cinema e Sociologia pela Universidade de Paris VII (França), e especialista em roteiro e direção de ator pela Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antonio de Los Baños (Cuba).

Em declarações prestadas à reportagem, o idealizador do Curta Carajás e diretor do Labirinto Cinema Clube, Ivan Oliveira, explica que este ano o festival recebeu de várias partes do Brasil 305 filmes, dos quais 32 curtas-metragens foram selecionados para concorrerem em mostra competitiva, cujos campeões serão revelados e premiados hoje à noite no CDC, nas categorias documentário, ficção, animação e voto popular.

Entre os 32 filmes selecionados para concorrer aos prêmios, constam “O cangaceiro” (Caruaru-PE), “Com os pés na cabeça” (Rio de Janeiro-RJ), “A ‘vida’ no cárcere” (Belém-PA), “É uma vez” (Goiânia-GO), “O reino de chocolate” (Salvador-BA), “Barbeiros” (São Paulo-SP), “Depois da queda” (Cuiabá-MT), “Platô!” (Campina Grande-PB) e outros.

Os filmes vencedores, segundo Ivan Oliveira, vão receber os prêmios Ipê, Xikrins, Gavião Real e Parauapebas, respectivamente nos valores de R$ 5 mil, R$ 4 mil, R$ 4 mil e R$ 3 mil.

Ouvido pelo jornal, o produtor e diretor de cinema Victor Lopes informa que a oficina ministrada por ele, curso de direção, abordou o ofício de diretor de ficção e documentário no cinema contemporâneo, com aulas teóricas compactas direcionadas a aprofundar questões pragmáticas e técnicas de realização, ou seja, focado na formação do olhar do cineasta e na sua atuação em todas as etapas da realização de um filme, da escolha do tema ao lançamento.

Conhecedor da região nos últimos 10 anos, e atualmente produzindo um documentário sobre Serra Pelada, Victor Lopes lamentou pelo fato de Marabá, com quase 400 mil habitantes, não possuir uma única sala de cinema, enquanto Parauapebas hoje conta com cinco salas, sendo uma em Carajás e quatro no shopping center da cidade.

Por sua vez, Afonso Galindo, documentarista e representante do Instituto de Artes do Pará (IAP), que atuou como um dos membros do corpo técnico que avaliou os filmes concorrentes do festival, destaca que o Curta Carajás figura como um dos mais importantes eventos envolvendo cinema no Estado do Pará.