sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

263 - ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA


CONVOCAÇÃO


O Clube de Xadrez Marabá, entidade sem fins lucrativos constituída com a finalidade de difundir o enxadrismo, considerando os termos do Estatuto Social, vem a público CONVOCAR TODOS OS ENXADRISTAS EM ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA a ser realizada no dia 28 de janeiro do ano de dois mil e onze, a partir das 20h00 na Praça do Alvorada, na Folha 27, para a escolha da Diretoria e Conselho Fiscal, dando imediata posse aos mesmos. Estarão aptos a votarem e serem votados os sócios que sejam brasileiros, maiores de 18 anos, quites com a Tesouraria,



Data 28 de Janeiro de 2011 as 20h00 – Praça do Alvorada – Folha 27 – Nova Marabá


Francisco Arnilson de Assis

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

262 - FALTA DE INVESTIMENTOS SOCIAIS, PRINCIPALMENTE NA EDUCAÇÃO, ALAVANCA A VIOLÊNCIA NA REGIÃO

Francisco Arnilson de Assis


Texto base: Repórter André Santos
Jornal Correio do Tocantins - Marabá, PA
http://www.bancadigital.com.br/correiodotocantins/reader2/    


O Jornal Correio do Tocantins edição número 2159 de 13 e 14 de janeiro do corrente ano, faz o balanço geral das mortes do ano passado. Olha, não foi brincadeira, tem mortes de todos os tipos e as estatísticas crescem a cada ano.

Ao todo foram 438 mortes na região, por homicídio, de todo jeito: à bala, facada, paulada, machadada, espancamento, estrangulamento, chacina, estupro, pedrada e até, ato canibalesco. Figa!




RANKING DOS MUNICÍPIOS MAIS VIOLENTOS
A cidade de Marabá lidera o ranking da violência sem fim, são 382 mortes, vidas perdidas e muito sofrimento. A matéria contida no jornal além de muito bem redigida por André Santos demonstra a triste realidade a que estamos expostos, ao sangue. Todo o sangue derramado, 3.200 litros, quantidade suficiente para pintar a 21ª Seccional de Polícia (Superintendência Regional). É macabro!

O município de Parauapebas sobressai-se no segundo lugar do ranking com 119 mortes. O município de Itupiranga vem em seguida com 51 mortes.

Nos municípios participantes do ranking destaca-se a enorme quantidade de mortes:
303 por execução à bala; 105 à facada e12 à paulada.




ABRIRAM A BOCA E MORRERAM


Abrir a boca está cada vez mais perigoso. Negociar e não cumprir acordos verbais, xingar, chamar o colega de corno, de veado, ameaçar de morte e etc, resultou em pelo menos 05 mortes. O jogo da morte!


Foram 40 mortes por negociatas com o tráfico de drogas. Houve a morte de delegado, de gente de bem e de má índole, de pais de famílias, professores, comerciantes, funcionários públicos, crianças e inocentes, muitos e muitos traficantes de drogas. Muita violência e selvageria nas mortes executadas. Jovens executados com até 20 tiros ou estraçalhados com até 17 facadas. Vamos fugir desta brincadeira!?


O VALE TUDO DA MORTANDADE


Cerca de 47,77% das mortes na região foram registradas em Marabá, 382 mortes. Morreram 328 homens e 54 mulheres e, haja bala para todo o lado, foram 152 mortes à bala e 62 a facadas, 5 à paulada, 3 por espancamento, 2 por estrangulamento e 1 por pedrada. O que fazer?



CEDO DEMAIS


O jornal esclarece que os registros foram levantados com base em necropsias do IML e em crimes registrados pela equipe de Reportagem Policial e quem mais perderam vidas pertencem à juventude ou indivíduos que mais perdem a vida. No ano passado foram 120 os sepultamentos de jovens com idade entre 18 e 29 anos. É talento desperdiçado!

A maioria dos assassinatos foi realizada por pessoas montadas em motocicletas, quase sempre, crimes sem soluções. Segundo a matéria jornalística, vigora a lei do quem com ferro fere, com fogo será ferido. Só em Marabá foram 152 mortes por bala e outras 62 por facadas. Cuidado!



OS BONS MORREM JOVENS
Renato Russo


É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais


Quando eu lhe dizia
Me apaixono todo dia
É sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse
Eu gosto de você também
Só que você foi embora...
Cedo demais!


Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Em dias assim
Dia de chuva
Dia de sol
E o que sinto não sei dizer...


Vai com os anjos
Vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez...


É tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você
E de tanta gente que se foi

Cedo demais!
E cedo demais...


Eu aprendi a ter
Tudo o que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu que tive um começo feliz...
Do resto não sei dizer
Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mais eu sei
Que você está bem agora
Só que neste mundo
O verão acabou.


Cedo demais!